Como combinar Facebook ads com sua estratégia de email marketing?

O peso das redes sociais nas estratégias de marketing online e processos de conversão é inquestionável. Este canal de comunicação é essencial para usuários e marcas, encurtando as distâncias entre empresas e consumidores.

Da mesma forma, o email continua sendo um dos principais métodos de comunicação no setor online. Graças aos smartphones, Os usuários podem acessar seus emails a qualquer momento e de qualquer lugar.

Portanto, a fusão do escopo e potencial do email  marketing com as redes sociais é uma das melhores opções para atrair e reter clientes.

Neste artigo, vamos ver as principais vantagens da fusão entre os diferentes canais e como realizá-la?

Por que você deve usar o Facebook ads?

Hoje em dias, há uma infinidade de redes sociais para diferentes públicos de acordo com os seus interesses.

No entanto, o Facebook ainda é a rainha das redes sociais, por ser uma plataforma de massa, (se considerarmos apenas os dados na Espanha, mais de 21 milhões de pessoas estão conectadas por mês nesta plataforma).

“Graças à constante actualização e introdução de novas ferramentas, o público é fiel à plataforma criada por Zuckerberg.”

Portanto, se você está pensando em implementar ações pagas em redes sociais, trabalhando ou não com outras estratégias, como email marketing, o Facebook ads  é uma das melhores opções para fortalecer o contato com as comunidades e chegar a mais pessoas.

►Vantagens da criação de campanhas no Facebook

Além do escopo óbvio causado pelo bom design de uma campanha de publicidade com o Facebook ads, algumas das vantagens mais importantes para a sua marca são:

  • ► Flexibilidade: A plataforma de gestão deste tipo de publicidade oferece uma variedade de diferentes anúncios com base nos objetivos, exibição, localização do seu público-alvo. Entre esta vasta gama de opções, é fácil encontrar um que se adapte ao  que você precisa.
  • ►Segmentação: O alcance potencial dessas campanhas é muito amplo e, por ser uma rede social usada pela maioria dos usuários na internet, a plataforma tem uma grande quantidade de informações sobre cada usuário, de modo que segmentar quem irá ver os seus anúncios é simples. Escolher corretamente o seu público-alvo é o segredo para criar uma campanha eficaz.
  • ► Monitoramento : É possível visualizar estatísticas e dados em tempo real para saber durante todo o tempo o que está acontecendo com a campanha.
  • Rendimento: entre os dados exibidos pela plataforma, você pode ver o desempenho dos anúncios e ir fazendo alterações para melhorar seus resultados.

Outra característica dos anúncios do Facebook é que pode ser usado por qualquer pessoa ou empresa, mesmo com pequenos orçamentos, permitindo que você decida que tipo de investimento você deseja fazer e qual será o seu orçamento máximo.

Como criar uma campanha de anúncios no Facebook?

Como eu disse, há um grande catálogo de opções ao criar e lançar os seus anúncios nesta rede. Portanto, ter bem definido os objetivos que você quer alcançar e qual é o  seu público-alvo, irá ajudá-lo a tomar decisões corretas desde o início.

Depois de responder as principais perguntas, você pode definir e criar o design dos anúncios nos seguintes formatos:

  • ► Foto: Com um curto espaço para o texto, são anúncios em que o protagonista principal é a imagem da campanha.
  •  Sequência: Anúncios em que a imagem continua a ser o elemento principal e permite incluir várias no mesmo anúncio. Os usuários podem navegar horizontalmente entre diferentes imagens. Sua principal função é promover elementos diferentes em um único anúncio.
  • Vídeo: Uma das opções com mais engagement no Facebook . Precisam de mais produção, mas destacam-se muito positivamente na timeline  dos usuários. Como no caso de anúncios com imagem, incluem um pequeno espaço para o texto
  • Apresentação: Para aqueles que precisam de movimento, mas não podem produzir vídeo. São arquivos do tipo GIF criados com uma sequência de imagens em que você pode programar o tempo de transição entre uma imagem e outra, e a ordem de publicação.
  • Canvas: Pode ser definido como uma landing page do Facebook destinada para exibição em dispositivos móveis. É uma opção que dá total liberdade para incluir os itens que você deseja, tais como banners para redes sociais.

Esses anúncios podem aparecer em locais diferentes dentro do Facebook e Instagram, ou ser exibidos em dispositivos móveis ou para computadores.

Você percebe a flexibilidade oferecida pelo Facebook Ads para a criação de campanhas? Sem qualquer dúvida, oferece uma ampla gama de oportunidades.

►Segmentação no Facebook ads

Como ocorre com  email marketing, a segmentação é um dos passos mais importantes. Na verdade, é a primeira coisa que você deve pensar quando você for criar um anúncio.

Como eu expliquei algumas linhas acima, o Facebook é a plataforma ideal para segmentar usuários, porque, como é uma rede social com uma grande quantidade de membros, a plataforma dispõe de muitas informações sobre cada usuário.

Você pode definir seu público com base em aspectos como localização, gênero, idade ou idioma. Mas você também pode personalizar muito mais com uma segmentação detalhada e qualitativa, tendo em conta aspectos como:

  • ► Demografia: Além de aspectos mais gerais, você também pode considerar a educação, profissão, a situação sentimental, Ideologia política, etc.
  • ► Interesses: Um parâmetro projetado de acordo com os usos e costumes dos usuários em seus perfis. Por exemplo, será definido por padrão como páginas que são fãs, posts com quem interagem ou publicações que compartilham.
  • Segmentação Comportamental: Refere à vida dos usuários quando offline, tendo em conta as suas viagens, eventos nos quais participam, etc.

Promocionarse em uma rede social tão importante é muito útil, não só devido ao seu alcance, mas também pelo fato de ser possível criar campanhas extremamente personalizadas.

tipos de campañas de facebook

►Objetivos dos anúncios

Depois de definir seu público, outro aspecto que você deve avaliar é qual meta proposta pelo Facebook Ads se encaixa melhor com o seu objetivo. Existem várias opções para escolher, entre elas:

  1.  Interação com a sua aplicação.
  2. Instalações de sua aplicação.
  3. Reconhecimento de marca.
  4. Cliques no site.
  5. Respostas a eventos.
  6. Geração de potenciais clientes.
  7. Difusão local
  8. Solicitações de ofertas.
  9. Like na página.
  10. Interação com uma publicação.
  11. Visitas
  12. Exibição de vídeos
  13. Conversões no site.

Como veremos a seguir, os anúncios para gerar potenciais clientes são a melhor escolha, principalmente para trabalhar com uma estratégia de email marketing.

►Passos para criar um anúncio no Facebook

O primeiro passo para usar a plataforma do Facebook ads, é escolher as opções  e definir a estratégia da campanha. Você deve preencher certos campos antes de preparar o anúncio:

  • Público-alvo: Com base em processos de segmentação que já vimos.
  • Tipo de campanha: Dependendo dos objetivos .
  • Orçamento: método de pagamento, preço que você está disposto a pagar etc.
  • Locais: No Facebook e Instagram .
  • Duração: Data de início e fim da campanha .

Ao terminar esta parte mais estratégica, você precisa preparar o anúncio. Existem diferentes elementos que devem ser definidos:

  • Formato: O primeiro passo é decidir que tipo de anúncio você quer criar, de acordo com as opções que já vimos antes.
  • Vídeos ou imagens: Selecione na plataforma todos os elementos audiovisuais que você irá utilizar no seu anúncio. Observe que, se as imagens incluem texto, não deve exceder 20% de cada imagem.
  • Título: Defina o título do anúncio, que não pode ser superior a 45 caracteres.
  • Descrição: todos os  anúncios permitem que você inclua texto descritivo de até 90 caracteres.

A plataforma tem uma opção de preview, para que você veja como seu anúncio será exibido, o que lhe permitirá corrigir erros antes de iniciar a campanha.

facebook ads

Como mesclar os benefícios de uma campanha paga em anúncios do Facebook com sua estratégia de  email marketing?

A estratégia que recomendo para combinar ambas as ações de marketing, email marketing e publicidade paga é baseada na captura de leads através de anúncios no Facebook para, em seguida, criar engagement com esses usuários enviando conteúdo de qualidade regular, via email.

Este tipo de prática é ideal para chegar a um público muito definido que está realmente interessado em sua marca. Assim, o conteúdo que você enviar em suas campanhas de email marketing terá um impacto maior, transformando usuários em clientes fiéis.

Existem muitas opções para capturar esses usuários nas  redes sociais, que você pode testar. No entanto, dentro dos Anúncios do Facebook, a melhor opção é usar os anúncios para gerar leads, ou “Facebook Leads ads.”

►Anúncios para clientes potenciais

Esses anúncios são projetados para obter leads de qualidade. Neste caso, vamos captar os emails dos leads.

Ter um formulário que os usuários devem aceitar para acessar o site que você deseja visualizar e que será promocionado no anúncio. Por exemplo, uma página de download com conteúdo de qualidade que o usuário irá receber em troca de sua assinatura.

Note que eles devem aceitar o formulário e não preenchê-lo, porque ele será autocompletado com os dados armazenados no Facebook (Embora, obviamente, o usuário poderá modificá-lo, por exemplo, se desejar cadastrar outro endereço de email, em vez de usar o mesmo cadastrado nas redes sociais).

Ao fazer uma boa segmentação, você terá certeza que os usuários que visualizarem o anúncio estão realmente interessados no conteúdo e dispostos a se inscrever na sua newsletter.

►Dicas para a criação de campanhas de captura de leads

Depois de expandir sua lista de emails, graças aos anúncios no Facebook, o próximo passo será criar engagement, através de conteúdo de qualidade. Ou seja, que atenda as necessidades destes assinantes.

Como fazer com que os usuários estejam dispostos a fornecer seu email em um anúncio no Facebook para se inscrever para as suas campanhas de email marketing? Aqui estão algumas dicas que podem ajudar:

  • Usuários com WI-FI: na segmentação, selecione usuários conectados via WI-FI, pois eles terão mais facilidade para baixar o conteúdo e portanto, terão mais interesse no que você está oferecendo.
  • Testes A/B: Teste diferentes formulários para ver qual é a melhor opção para  obter leads.
  • Chamada à Ação: Não basta criar o formulário, informe aos usuários o que você deseja que seja feito, usando uma chamada à ação clara no anúncio.
  • Consistência da marca: Mantenha o tom e o estilo da marca no anúncio para evitar erros, e deixe claro quem está por trás do formulário.
  • Autoresponders: Ative esta opção para que seus assinantes recebam um email de boas-vindas.

Mensagens claras e simples são a melhor maneira de fazer com que os usuários confiem em você, ainda mais se você deseja algo em retorno.

Conclusões

Em termos de marketing online, existem muitos canais que funcionam de modo paralelo e abertos 24 horas por dia. Observe que os seus usuários e potenciais clientes certamente irão passar de um para outro, não se limitando a usar um deles exclusivamente.

Por esta razão, as marcas que usam diferentes canais e fornecem conteúdo de qualidade para seus usuários, são as que conseguem converter mais facilmente, uma vez que alcançam os usuários que estão realmente interessados.

O email marketing é uma das estratégias que ainda hoje, consegue trazer melhores resultados, para criar engagement com os usuários, convertendo-os em clientes fiéis. Se você também combiná-la com outro tipo de marketing, por exemplo em redes sociais, você irá conseguir melhorar ainda mais os resultados, no curto/médio prazo.

Você costuma usar o Facebook ads? Você já o utilizou para melhorar os resultados de suas campanhas de email marketing?

Teresa Alba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.