Como enviar uma newsletter que irá impactar seus assinantes

Aprender a enviar uma newsletter que não irá terminar na pasta de spam será vital para melhorar suas taxas de conversão, como também irá ajudar a melhorar sua reputação online.

Não é por acaso que a maioria das empresas online estão trabalhando com estratégias de email marketing.

Já está provado que essa é uma das melhores opções para atrair  tráfego, fomentar lealdade e aumentar as vendas.

A famosa frase “O dinheiro está na sua lista de emails”, mostra que esta estratégia traz resultados positivos.

Prova disso, Franck Scipion, um dos blogueiros de marketing online mais reconhecidos na blogosfera hispânica, ganha cerca de 40.000 euros todos os meses com o seu site usando esta opção.

Duvido muito que ele esteja errado quando afirma em seu blog e em entrevistas que ele percebeu que o marketing por email é a chave para gerar receita na Internet

Isso mostra que se um blogueiro pode ganhar tanto dinheiro com email marketing: Uma grande empresa pode conseguir muito mais

Na verdade, se você prestar atenção, as grandes marcas estão constantemente trabalhando com email marketing para atrair e reter clientes. Se eles estão gastando parte de seu orçamento com esta estratégia, isto mostra que você também deveria enviar uma newsletter para aumentar suas vendas.

No entanto, você pode estar se perguntando como eles fazem isso porque você não está conseguindo obter os mesmos resultados.

É uma situação que o preocupa porque você está fazendo o que em teoria funciona:

  •      Você trabalha com um programa de email marketing grátis em português
  •      Você adicionou uma caixa de assinatura atraente em seu site
  •     Você realiza campanhas de publicidade online para atrair leads

A questão é que você está efetivamente capturando assinantes e sua lista de emails está aumentando constantemente, mas, mesmo assim, você não está obtendo resultados satisfatórios.

Essa situação para você se tornou uma dúvida existencial porque Você não entende mais nada: você faz as coisas bem, mas nada funciona para você.

Então, o que está acontecendo?

Por que, mesmo com uma lista de assinantes, você não consegue conversões? O que está falhando?.

Certamente, você está enfrentando dois cenários possíveis:

  •     Você não envia uma newsletter regularmente
  •     Você está enviando muitas campanhas sem segmentação

Se você não está enviando campanhas de email marketing, você está perdendo todo o potencial da sua lista, pois quando seus assinantes não recebem emails de você, podem terminar por esquecê-lo, o que iria afetar sua taxa de conversão.

No entanto, dependendo de como você está fazendo as coisas, suas mensagens poderiam estar caindo na pasta de spam dos seus assinantes.

Ou você está enviando conteúdo que seus assinantes não querem receber, então eles não estão abrindo suas mensagens.

É muito provável que você acredite que está fazendo seu melhor, que esta é a melhor opção. Em outras palavras, você não está se enganando de propósito.

Se algo similar está acontecendo com você, não se preocupe, porque escrevemos este artigo para ajudá-lo nisso: Para mostrar-lhe outras formas de trabalhar com email em sua estratégia de marketing.

Você sabe o que é uma newsletter?

É muito importante que você saiba exatamente o que são newsletters porque a sua reputação online está em jogo.

Não há situação pior do que essa, pois reconquistar a confiança do usuários não é uma tarefa fácil.

Se você não aplicar a estratégia correta, o número de novos assinantes irá diminuir, suas taxas de cliques serão reduzidas e mais e mais emails irão cair na pasta de spam.

É por isso que é vital entender o que é uma newsletter e porque você deveria enviar uma campanha de email marketing.

Para entrar no assunto, uma newsletter é uma mensagem criada através de um programa de email marketing. Cada usuário irá receber uma única mensagem, enviada pelo software para que você não tenha que fazer todo o trabalho manualmente.

Observação!

Imagine que você tem milhares de assinantes e precisa enviar uma newsletter para todos os seus contatos, um por um, seria impossível.

No entanto, presumo que você já conheça essa definição.

Certamente não o surpreendi e acho que há pouco mais a dizer sobre este assunto.

Mas não é assim. É verdade que esta é a definição correta de uma newsletter, mas esta é apenas a parte superficial da questão.

Existem muitos fatores adicionais que devem ser considerados para criar uma estratégia de email marketing de sucesso.

Por que o envio de campanhas de email marketing é importante?

Deve ficar claro que uma das maiores vantagens do email marketing em comparação com outras estratégias de marketing digital é que você pode falar diretamente com o assinante de maneira totalmente confidencial.

Ninguém pode interromper sua comunicação porque, entre outras coisas, todos os e-mails são pessoais e intransferíveis.

Essa já é uma informação importante a ser destacada porque, com o marketing por e-mail, Até certo ponto, você evita que a concorrência faça uma contra-oferta ao seu assinante porque não sabem que ele está com você.

Considerando esse detalhe, você terá muitas oportunidade para guiar seu novo assinante através do funil de vendas, uma vez que ele já aceitou receber suas mensagens.

No entanto, para que essas conversões se tornem realidade, você terá que oferecer motivos convincentes para que seu assinante finalmente aceite agir.

Você pode usar email marketing para outras estratégias, mas convencer seu assinante a agir deveria ser um objetivo relevante, já que assinantes que não agem não irão comprar de você.

Mas por que isso é tão importante? Como você pode enviar uma newsletter para incentivar seus assinantes a agirem?

Para que você possa entender o que quero dizer, eu gostaria de falar um pouco sobre as vantagens mais importantes.

1) Você pode dar as boas-vindas ao seu novo assinante

Muitas pessoas acreditam que não precisam fazer mais nada depois de preencher seu email no formulário de assinatura.

No entanto, para ativar o cadastro, o novo assinante terá que confirmar sua assinatura.

Quando o assinante clicar no link de confirmação, estará pronto para começar a receber newsletters.

Você precisará deixar este processo muito claro durante a assinatura ou terá vários contatos inativos na sua lista de emails.

2) Você pode revelar seu lado mais humano para seduzi-lo.

Nem tudo é sobre vender, as sinergias também são importantes. E para isso, nada melhor do que mostrar o seu lado mais humano.

Você pode falar pessoalmente com cada assinante, como se estivesse falando com um bom amigo. Se ele sentir que você está realmente interessado em ajudá-lo, estará mais perto de dar o próximo passo na direção da conversão.

Muitos marqueteiros não fazem isso, vão direto ao ponto com o que desejam vender.

Infelizmente, isso é normal, afinal eles buscam a conversão, mas se você tentar vender muito cedo, poderá amedrontar seu assinante.

Posso garantir que isso pode fazer a diferença. O tipo de negócio que você administra não importa, se você usar o tom de voz correto, você conseguirá captar a atenção dos seus assinantes.

3) Você pode orientar seu assinante

Uma das grandes vantagens das campanhas de email marketing é que você pode usá-las como um guia, para explicar aos seus assinantes como usar o produto ou serviço que você está promovendo.

4) Você pode usar os autoresponders e automações

Autoresponders são uma das armas mais poderosas em e-mail marketing.

Primeiro, porque ao automatizar suas tarefas, você pode poupar muitas horas de trabalho. E em segundo lugar, porque você não precisará mais monitorar sua lista de emails manualmente, o sistema irá enviar o email de boas-vindas para seus novos assinantes automaticamente, além de outras mensagens automatizadas.

Estas são algumas das principais vantagens; isto não significa que você já fez todo o trabalho, será preciso seguir melhorando sua estratégia.

Como melhorar as chances de sucesso com suas newsletters?

Este artigo não oferece informações suficientes para tornar um especialista em marketing por e-mail. Isto nunca seria possível, já que esta técnica engloba muitos outros aspectos que precisariam ser discutidos.

Seria preciso escrever pelo menos um e-book, um mega guia de milhares e milhares de palavras ou um curso muito longo. Na verdade, mesmo um curso de marketing não consegue abordar todos os aspectos rapidamente.

No entanto, gostaria de dar-lhe um conselho que irá colocá-lo no caminho do sucesso, ou pelo menos ajudá-lo a criar suas primeiras campanhas de email marketing.

Você quer saber qual é o meu conselho? Bem, eu não vou fazer você esperar mais; vamos começar:

1) Segmente suas newsletters

Se você ainda não segmentou seus assinantes em grupos, você deveria começar agora mesmo, já que isto facilitar sua vida; você irá enviar a mensagem ideal para cada tipo de assinante.

Esta é a melhor maneira de vender, pois você irá enviar cada campanha para o alvo certo. Para que você possa entender melhor, imagine que você oferece vários produtos em seu blog, como:

  •     Um curso para configurar uma página web
  •     Um curso para criar campanhas no Facebook Ads.

Se você deseja enviar uma newsletter relacionada com campanhas de anúncios pagos, a melhor coisa seria escrever apenas para os usuários que se inscreveram para receber informações sobre o Facebook Ads, porque talvez o outro grupo esteja menos interessado neste tópico. Faz sentido, certo?

Desta forma, você evitará solicitações de cancelamento em sua lista de emails e estará oferecendo exatamente o que seus assinantes desejam.

2) Use um template atraente

O template certo também pode fazer a diferença quando você quer enviar uma newsletter. Você também pode optar por criar seu próprio template com as cores da sua marca.

Um template atraente seduz o assinante e o convida a ler mais.

Na Mailrelay, por exemplo, existem inúmeros templates atraentes que podem ser adaptados para qualquer tipo de negócio. E a melhor coisa é que você pode trabalhar com estes templates sem ter que investir um centavo.

Obviamente, você pode usar seu próprio template ou baixá-lo de outra plataforma que ofereça arquivos para download. IMPORTANTE: Tenha cuidado com trabalhar apenas com templates profissionais criados para campanhas de email marketing, já que criar um template de newsletter do zero não é fácil.

3) Chame a atenção com a linha de assunto do e-mail que você enviará

Será inútil escrever um e-mail que agregue muito valor se a linha de assunto não chamar a atenção do leitor.

Esta é uma das primeiras formas de melhorar sua taxa de visualizações.

Às vezes não é necessário usar uma linha de assunto espetacular, como “O melhor produto da sua vida” ou “conheça o sapato mais barato do mundo”.

Na verdade, se você exagerar na linha de assunto, seus assinantes podem pensar que você está tentando enganá-los.

Às vezes, e não é um exagero, a frase mais estúpida pode ter um grande impacto.

Como exemplo, vou explicar como um e-mail chamou minha atenção. A mensagem foi enviada por Carlos Bravo há alguns anos por ser um assinante de seu blog, e a linha de assunto era literalmente “clique aqui”.

Quando recebi aquele e-mail e li o título, não pude deixar de abrir a mensagem para ver o que ele estava oferecendo. E, aparentemente, não fui o único.

É verdade que Carlos Bravo tem uma reputação online muito positiva e por isso pode se dar ao luxo de usar este tipo de chamadas à ação porque, certamente, se você receber um email com esta linha de assunto de um blogueiro desconhecido, provavelmente pensará muito antes de abrir a mensagem. Além disso, títulos genéricos podem ser bloqueados pelos filtros antispam.

Mas queria apenas dar um exemplo para demonstrar que qualquer regra sempre terá uma exceção.

4) Escreva textos persuasivos

Como no caso anterior, será inútil escrever uma linha de assunto marcante se mais tarde o conteúdo do e-mail não agregar nenhum valor.

Isto só iria aumentar sua taxa de solicitação de cancelamento e o número de emails reportados como spam.

Para evitar este cenário, você deve escrever textos atraentes para persuadir o assinante e, em última análise, convencê-lo a agir agora mesmo.

É essencial usar técnicas de copywriting quando você decidir enviar uma newsletter. Convencer seus assinantes a agir não é fácil, mas se você usar as palavras certas, suas chances de sucesso irão aumentar muito.

5) Não se esqueça de adicionar a opção de cancelar a assinatura

Não importa qual estratégia você irá usar, qual template ou linha de assunto escolheu, existe um aspecto que você nunca deveria esquecer antes de enviar uma newsletter: SEMPRE, todas as vezes que você criar uma newsletter, você deveria adicionar um link de cancelamento na sua mensagem.

Ninguém gosta de perder assinantes, mas isso faz parte das regras do jogo em email marketing. Alguns irão embora e alguns virão. Mas isto é normal, afinal, cada cliente terá um ciclo de vida.

Como poupar dinheiro com suas campanhas de email marketing?

Antes de terminar este artigo, quero falar sobre um assunto que preocupa muita gente, pois é algo que pode arruinar sua estratégia.

Mesmo que você trabalhe com um programa de email marketing grátis em português, email marketing irá custar dinheiro. Talvez você precisará pagar pelo software que irá usar, pelo template personalizado que quer criar para sua marca ou até mesmo para um profissional para criar suas campanhas.

No final das contas, quando as coisas não são feitas corretamente ou os resultados não são os esperados, você irá terminar por perder chances de aumentar conversões, mas também irá desperdiçar dinheiro.

Eu tenho certeza de que você sempre tentará poupar dinheiro, não importa o desempenho da sua lista de emails. Se você puder fazer isto sem arriscar seus resultados, por que não?

O problema é que não é fácil encontrar um programa de email marketing gratuito.

Agora, imagine poder enviar milhares de e-mails grátis para seus assinantes. Você consegue acreditar nisso, ou acha que é apenas um sonho? Bem, esta opção existe.

Com a Mailrelay você pode enviar newsletters totalmente grátis.

Você pode enviar até 80.000 mensagens para 20.000 assinantes sem nenhum custo. Além disso, seu painel de controle é fácil e intuitivo e você pode enviar uma newsletter gratuita rapidamente.

Se você ainda não criou uma conta na Mailrelay, recomendo que você teste esta plataforma. Como eles oferecem um programa de email marketing gratuito, você não tem nada a perder.

Qual serviço de email marketing você está usando até agora?

Traduzido por Micheli.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.