Tendências de email marketing para 2018, minhas previsões

Eu não sou um fã de escrever sobre tendência, porque as tendências no email marketing podem mudar de um dia para o outro. No entanto, sim, eu gosto de debates, então espero que este artigo possa ser usado como um debate sobre o que o futuro do email marketing irá reservar para nós em 2018.

Tentei juntar tendências, ou alterações, mais relevantes.

Ou seja, as coisas que poderemos ver e perceber, e não conceitos estranhos e improváveis

Podemos começar?

· Menos promoções e e-mails mais úteis

Esta pode ser uma das minhas previsões mais controversas, mas acredito firmemente nela.

Embora haja muitas pessoas determinadas a prever o final do e-mail marketing, a verdade é que todos os anos o volume de newsletters continua crescendo, algo normal, visto que cada vez temos mais e mais datas promocionais (Black Friday, Cyber monday, etc.) ou porque as promoções são expandidas (a Black Friday da Amazon durou uma semana ou mais).

Este é um fato positivo.

Isso significa que as empresas ainda têm um retorno positivo de seus investimento e, portanto, estão mais confiantes para criar e enviar campanhas de email marketing.

No entanto, é preciso ter cuidado.

Devemos pensar que esse aumento no número de e-mails não vem apenas de nossa parte, e que os assinantes receberão um número mais elevado de emails.

Temos de proporcionar-lhes informações e conteúdos relevantes.

Para que queiram continuar a receber e abrir os nossos emails no futuro.

Por isso, em sua estratégia de email marketing, é preciso combinar emails comerciais, com emails com conteúdos informativos.

Este é um assunto complexo. Não existe uma regra geral para todos os tipos de newsletters, cada ramo de negócios tem suas próprias peculiaridades.

· Aumento de ferramentas de comunicação pessoal e corporativa

Com o aumento das tecnologias de comunicação pessoal (e corporativas), como Whatsapp, Telegram e similares, o email passou a ser uma ferramenta mais usada para resolver assuntos mais relevantes, em detrimento de mensagens para socialização.

Isso pode ser benéfico para os profissionais de marketing que usam ferramentas de email marketing, porque o número de emails enviados será reduzido, porém os emails enviados serão muito mais importantes para os assinantes.

Um número menor de emails enviados, significa taxas de visualizações mais elevadas para os emails que você enviar.

Isso é certo.

Como mencionamos na seção anterior, será preciso trabalhar ainda mais arduamente, para criar engagement  e convencer seus assinantes da importância da sua newsletter.

Será importante estar atento para analisar os resultados da sua estratégia de email marketing.

E, como sempre, efetuar alterações, sempre que necessárias.

Em resumo, pode acontecer como ocorreu com as redes sociais, que muitos previam que iriam terminar com o email marketing e, no final, acabaram por ser uma ferramenta muito útil para usar em conjunto com uma estratégia de email marketing.

·E-mails curtos e claros com design simples

Esta é uma tendência que vimos avançar ano após ano.

Enquanto anos atrás, os e-mails eram muito complexos, com muito conteúdo e opções avançadas, hoje em dia o que funciona melhor é uma newsletter como podemos ver na seguinte imagem:

ejemplo de newsletter sencilla

Como você vê, há muito poucos elementos.

As pessoas estão cada vez mais ocupadas.

E temos pouco tempo.

É por isso que é importante transmitir a mensagem aos assinantes de uma maneira clara e direta.

Não esquecendo a chamada à ação!

É uma tendência de email marketing que também irá reduzir nossa carga de trabalho, porque não precisamos nos complicar na elaboração de newsletters muito complexas.

vídeo email marketing

·Email marketing com vídeo

Pouco a pouco, parece que os clientes de email estão suportando mais formatos e elementos de HTML (por exemplo parece que o iOS irá suportar o vídeo em HTML5).

Assim, será possível criar diferentes opções de design.

Mas você precisa ter cuidado.

Muitos usuários ainda estão usando versões antigas de clientes de email,  por isso você poderá ter problemas, se não revisar sua lista de emails corretamente para confirmar que estes softwares são compatíveis com o tipo de design que você deseja usar.

Como solução, podemos usar ferramentas como a Viwomail que pode gerar formatos mais compatíveis, como explicamos neste post.

·Retenção de clientes e criação de engagement com sua marca

Pouco a pouco, as empresas irão atualizar as estratégias orientadas para a retenção de clientes, criando engagement com suas marcas, para que estes clientes sejam os melhores “embaixadores” da marca.

Para isso, será necessário transformar a idéia do funil de venda tradicional que apresentaria essas etapas (mais ou menos):

  1. Detectar a necessidade
  2. Procurar alternativas
  3. Comparação de alternativas
  4. Comprar
  5. Comportamento pós-venda

Ou visto do ponto de vista da empresa:

  1. Descoberta
  2. Engajamento
  3. Compra
  4. Retenção

Este é um resumo muito claro, não quero entrar em detalhes neste post.

Em qualquer caso, seria preciso ver uma evolução em direção a algo como:

  1. Descoberta
  2. Interação
  3. Assinatura
  4. Conversão
  5. Encantamento
  6. Ascensão
  7. Defensor, adeptos
  8. Promotor

Isto é o que nos interessa como uma empresa, como um negócio, que sejam os próprios clientes quem promovam nossos produtos.

É uma mentalidade centrada no cliente (customer centric)

Para isso, não é preciso apenas ter um bom produto.

Mas também é preciso entender o que os clientes esperam da sua empresa.

E criar uma comunicação constante e contínua com estes clientes.

Para que eles compartilhem suas experiências.

Caso contrário, será impossível.

O email marketing nos ajudará muito a conseguir isso.

entregabilidad

· Alterações nos filtros e leis anti-SPAM

Esta é uma alteração constante.

Mas, assim como o Google está fazendo alterações em seu algoritmo, os diferentes ISPs estão fazendo alterações em seus filtros anti-SPAM.

Já vimos isso há não muito tempo no caso das mudanças feitas no filtro do Outlook.

Isso nos levará a estar atentos à problemas de entrega.

E das práticas de email marketing.

Embora isso possa parecer que não é uma tendência, a verdade é que ISPs (yahoo, outlook, gmail) estão adicionando algoritmos cada vez mais complexos para detectar e-mails indesejados.

Isso, juntamente com mudanças legislativas no email marketing, obrigará a empresas e profissionais a estarem ainda mais atentos para evitar problemas legais.

·Automação de email marketing

Veremos como a automação do email marketing evolui.

Se veremos interações complexas baseadas em múltiplos filtros, ou serão usados autoresponders mais básicos, como mensagens de boas-vindas enviados quando um usuário se cadastra em uma lista de emails.

Eu já falei sobre isto em nosso blog.

E a verdade é que os e-mails automatizados que eu continuo recebendo, parecem cada vez mais SPAM.

Quando eu não respondo a um email, recebo mais 5 perguntando o motivo.

Eu não acho que isso seja efetivo.

·Redução no uso de popups

Parece que (com um pouco de sorte) poderemos ver em breve uma redução no uso de pop-ups para atrair assinantes.

Existem dois motivos não relacionados.

O primeiro ainda não é muito claro, mas parece que o Google está planejando incorporar seu próprio bloqueador de publicidade no Chrome. Até ser possível obter mais informações, não saberemos se isso afetará popups agressivos ou não.

E, por outro lado, as mudanças trazidas pelo GDPR também limitarão o uso de pop-ups, como era feito até agora.

Em qualquer caso, isso não precisa ser algo negativo.

Você pode ter um número menor de assinantes, mas se estiverem mais interessados, será algo positivo.

Veremos como essa tendência se desenvolve, e se novas formas de atrair assinantes serão criadas.

Como por exemplo:

· O uso de chatbots para coletar emails

Chatbots foram uma tendência em 2017.

Mas eles não são um novo substituto para o email marketing. Porém esta opção pode ajudá-lo a aumentar sua lista de emails. Você sabe como?

Muito simples, basta solicitar o email das pessoas interessadas diretamente através do chatbot.

Em síntese

Não só não veremos o fim do email marketing, mas teremos novas oportunidades, novas ferramentas para melhorar as estratégias de email marketing existentes.

E, claro, novos desafios também.

Mas a equipe do blog da Mailrelay estará aqui para ajudá-lo em tudo o que for possível.

Não esqueça de nos deixar sua opinião!

jose-argudo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.