Programa de email marketing, o que você deveria saber

O mundo do marketing digital é muito variável, pelo menos aparentemente, com novas ferramentas, técnicas e tecnologias surgindo quase diariamente. Isso torna o processo de seleção de ferramentas em uma tarefa excessivamente complexa.

No caso dos programas de email marketing, podemos encontrar centenas de opções.

A verdade é que as necessidades, as reais necessidades das empresas, não são tão diferentes umas das outras.

Isso pode nos levar a um setor bastante homogêneo, mas no qual também podemos ver fornecedores que oferecem funcionalidades cuja utilidade só é eficaz em casos muito específicos.

Os empresários precisam entender muito bem suas prioridades ou necessidades, para não incorrerem em despesas supérfluas e, pior ainda, desperdiçar dinheiro em recursos que eles não precisam.

Neste artigo, explico quais são, na minha opinião, os recursos que você deve procurar ao comparar os programas de email marketing.

Assim, você pode escolher o que realmente precisa, sem gastar mais do que o devido, sem perder funções importantes.

Vamos começar?

·  O email marketing não mudou muito na realidade

Você certamente já ouviu falar sobre muitas técnicas de email marketing.

Você pode encontrar muitos guias, vídeos e ebooks sobre estas técnicas, pois a maioria delas realmente funciona.

► Mas será que realmente precisamos de todas elas?

Não, não digo que não sejam úteis, o que quero dizer é que devemos analisar muito bem nossas necessidades, para decidir qual técnica iremos usar, mas principalmente qual programa de email marketing será útil para nossa estratégia.

A realidade é que é muito provável que em 99% dos casos não vamos usar a maioria dos recursos oferecidos por muitos programas de email marketing.

Você já parou para pensar em como a maioria dos emails que você recebe foram criados?

Se pensarmos na maioria dos emails que recebemos, veremos que a grande maioria utiliza:

  1. Algumas imagens
  2. Textos
  3. E alguns links

A verdade é que não muito mais do que isto. Você pode ver um exemplo de uma newsletter aqui:

ejemplo de email comercial

A verdade é que nunca recebi emails  com efeitos dinâmicos, com menus suspensos ou algo assim.

E muito raramente recebo algum vídeo em um email.

No entanto, um email como o descrito acima é completamente eficaz para o seu público-alvo.

E as séries de emails automatizados?

Para ser honesto, acredito que a maioria dos usuários não sabem usar corretamente este recurso e os emails acabam por tornar-se ineficazes.

► Com tudo isso, podemos concluir que:

Na verdade, as funcionalidades de email marketing que precisamos ter em nossos programas de email marketing não mudaram excessivamente nos últimos anos.

O que estava funcionando há alguns anos, no nível de marketing, ainda está funcionando hoje.

Não há necessidade de investir em ferramentas de email marketing caras.

Se eles tentarem convencê-lo do contrário, verifique se a diferença no ROI será significativa ou se é realmente indispensável para sua estratégia de imagem de marca.

que ha cambiado en email marketing

·  O que mudou no email marketing?

O que mudou foram as estratégias para o uso do email marketing.   Com ênfase crescente no assinante, na criação de relacionamentos duradouros que nos permitam vender nossos produtos, mais de uma vez, obter classificações e recomendações positivas, além de melhorar nossa imagem de marca.

Tudo isso não requer recursos ou funcionalidades complexas e caras de email marketing.

Tudo o que precisamos é:

  1. Uma estratégia de marketing digital correta
  2. E um sistema que nos permita manter contato contínuo com clientes e potenciais clientes

O primeiro ponto depende de nós.

E o segundo é oferecido por qualquer programa de email marketing.

·  Um plano de marketing adequado é essencial

A primeira coisa que você deveria considerar é do que você realmente irá precisar.

Pois normalmente vamos usá-lo junto com outras ferramentas e estratégias:

  1. Marketing de conteúdo
  2. Google AdWords
  3. Redes sociais
  4. Publicidade em sites externos

Tudo isso gerará muito tráfego que chegará ao nosso site e às páginas de vendas.

Como dissemos em ocasiões anteriores, é bastante difícil, na maioria dos casos, conseguir vender na primeira interação, por isso é importante atrair assinantes dessas visitas de clientes em potencial.

E aqui encontramos um ponto que vale a pena destacar:

► A lista de emails deve ser segmentada corretamente, através de uma estratégia de aumento de tráfego web.

No Adwords, no Facebook e em outras configurações de anúncios, teremos que estabelecer uma segmentação para atrair clientes em potencial.

E precisamos trabalhar com uma estratégia de gerenciamento de conteúdo e mídia social, para que o tráfego que estamos gerando seja de pessoas que possam ter algum interesse em nossos produtos ou serviços.

Para criar uma lista de emails com assinantes potencialmente interessados no que estamos oferecendo.

Isto irá poupar recursos, pois não teremos que segmentar os prospects novamente no futuro.

Em resumo

·  Para que vamos usar o email marketing?

Depois de identificar os motivos pelos quais precisaremos de um programa de email marketing, será mais fácil buscar a melhor solução para nossas necessidades.

Os principais motivos seriam:

  1. Manter contato com clientes em potencial
  2. Fechar vendas
  3. E fomentar lealdade.

Podemos conseguir tudo isto com uma estratégia de email marketing eficaz, mas teremos que definir a frequência de envio das campanhas, criar conteúdo relevante com informações sobre nossos produtos ou serviços, além de permitir contato direto com a empresa, se necessário.

Se pensarmos novamente nos emails que geralmente recebemos, veremos que muitos deles não foram personalizados ao extremo.

Exceto em casos específicos de empresas com recursos quase ilimitados, como a Amazon.

Normalmente, recebemos campanhas de email marketing bastante gerais, e não há razão para não fazermos o mesmo, porque elas ainda são muito eficazes:

  1. Desde que a lista de emails tenha sido segmentada corretamente.

Tendo visto isso, quais recursos não deveriam faltar no programa de email marketing?

É isso que vamos ver agora.

·  Recursos que você precisará no seu programa de email marketing

Neste ponto, detalharemos as funcionalidades que considero realmente importantes para o seu email marketing.

► Conta de testes gratuita

Como qualquer outro software, seria ideal se pudéssemos testá-lo antes de gastar dinheiro nele. Assim, podemos ter certeza de que ele atende a tudo o que precisamos.

No caso da Mailrelay, a conta gratuita permite enviar até 80.000 emails por mês, sendo muito mais do que uma simples conta de teste e usar a ferramenta sem problemas por anos, antes de passar para planos pagos com limites maiores.

Além de poder testar a ferramenta e enviar emails de graça, também precisaríamos:

► Revisar estatísticas para analisar o resultado das campanhas de email

Como qualquer outra estratégia de marketing, o email marketing requer análise e otimização; portanto, precisaremos de estatísticas de:

  1. Visualizações
  2. Cliques
  3. Links com mais cliques
  4. Estatísticas da URL
  5. Localizações geográficas
  6. Quem abriu a campanha
  7. Quem clicou nos links
  8. Etc.

Isso nos permitirá trabalhar melhor em nossas campanhas com o passar do tempo e otimizar nossos resultados.

► Personalização básica

Algo básico, como incluir o nome do assinante no assunto, pode nos ajudar a melhorar a taxa de visualizações, por isso é uma funcionalidade muito interessante que seu programa de email marketing deveria oferecer.

Isso também nos permitirá incluir saudações e despedidas mais humanas. Este simples passo pode criar mais engajamento com seus assinantes.

► Autoresponders

Outra funcionalidade que é muito interessante, e que pode ser útil, seria a a opção de criar autoresponders.

Isso pode nos ajudar a enviar uma mensagem de boas-vindas a um novo assinante, oferecer um desconto prometido ou qualquer outro lead magnet e, assim, aumentar a confiança dos nossos assinantes.

► Suporte e taxas elevadas de entrega

Se você deseja enviar uma newsletter, você precisará de suporte técnico, pelo menos para começar. E, claro, precisamos entregar nossos emails para os nossos assinantes.

Se tivermos uma conta gratuita, podemos testar o programa de email marketing, como mencionamos no primeiro ponto.

·  Claro que um programa de email marketing profissional irá oferecer muitos outros recursos

Filtros de assinante, testes A/B, campanhas através de um feed RSS, comparações de estatísticas entre campanhas, formulários de assinatura.

Na Mailrelay você encontrará todos esses recursos e muito mais.

Mas, como dissemos ao longo do post, devemos nos concentrar nas funcionalidades realmente necessárias para nossa empresa e estratégia de marketing digital, pois se começamos a gastar com um programa de email marketing que não conhecemos, iremos terminar por gastar muito dinheiro pagando por recursos que não precisamos.

Neste ponto, só posso recomendar que você experimente a Mailrelay e descubra todos os recursos que ela pode oferecer.

Esperamos que você crie sua conta.

· Mas os recursos mais avançados não nos distinguiriam da concorrência?

Depende.

Se você tiver 100% de certeza de que poderá criar mais engajamento com seu tipo de cliente-alvo através de estratégias diferentes, como vídeo em emails, você poderia optar por gastar mais para obter estes recursos.

No entanto, na maioria das vezes, esse simplesmente não é o caso.

As pessoas têm, por definição, muito pouco tempo para tomar decisões e, é claro, haverá muito poucas pessoas que passarão muito tempo se maravilhando com as inovações tecnológicas incluídas em seus emails.

Mas um email breve, com informações relevantes e uma CTA ainda é a melhor opção para a maioria das situações.

O mesmo ocorre com automações; muitos empresários usam este recurso apenas por que pensam que é “cool”. Mas a realidade é que muitas estratégias funcionariam sem esta ferramenta.

Muitas destas mensagens são irritantes, principalmente quando você se inscreve em uma newsletter e começa a receber uma série interminável de emails.

·  Em resumo

Não devemos esquecer o que dissemos antes, usaremos o email marketing para:

  1. Manter contato com clientes em potencial
  2. Fechar vendas
  3. E fomentar lealdade do cliente

E, portanto, não precisamos de funcionalidades extremamente avançadas, mas de uma estratégia correta que acompanhe os clientes em potencial durante o processo de compra.

Manter contato, manter o interesse, impactar constantemente e criar confiança, é isso que precisamos fazer.

José Argudo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.