O que é email? A frequência de envios importa? Ou o design?

Definição de email

O email é uma ferramenta de marketing e comunicação direta, que permite que as empresas se comuniquem com seus clientes mediante o envio de campanhas de email marketing. Estas mensagens poderiam ser de caráter informativo ou para a venda de produtos ou serviços. Uma das principais vantagens deste método é que oferece resposta imediata, além de estatísticas avançadas para medir os resultados de cada ação.

O email é uma ferramenta muito lucrativa para empresas de todos os tamanhos, não apenas pelo seu custo, mas também porque é um canal muito poderoso para finalizar vendas.

· Por que o email é uma ferramenta tão eficaz para vender?

Vou responder a esta pergunta com uma pequena anedota pessoal que irá ajudara ilustrar as vantagens do email marketing.

Há alguns anos, comprei um produto que me interessava. Não era um produto particularmente caro, mas era algo que sempre desejei adquirir.

Era um daqueles vasos hidropônicos para cultivar plantas dentro de casa, com facilidade e sem ter que fazer muito.

Não parece nada fora do normal? Falta um dado importante.

Demorei um ano antes de finalmente decidir comprar o produto.

Un ano inteiro.

Parece muito tempo para comprar algo tão simples, afinal, não é um produto muito caro.

Mas qual é a relação desta história com o email marketing?

É muito mais estreita do que parece.

Foi o relacionamento com a loja que me convenceu a comprar.

Na verdade, se eu não estivesse recebendo os emails deles durante este tempo, eu nunca teria comprado este produto.

E eu não teria comprado porque teria esquecido.

Porque era algo que queria, mas não estava desesperado para comprá-lo.

Então teria esquecido.

Não é que o produto não me interessava, ou não gostei, é que eu teria esquecido. Eu queria comprá-lo, mas não quando me registrei no site.

E é uma daquelas coisas que se você deixar de lado, no final você esquece.

Existem muitos casos como este, mesmo que você pense que seu produto ou serviço resolve uma necessidade urgente, a realidade é que as pessoas são famosas por deixar tudo para depois.

E este mais tarde nunca chega.

qué es el emailing

· Isto é algo muito importante que você deve ter em conta no processo de vendas e que justifica a eficácia do email marketing.

Existem duas formas de atuar em um processo de vendas, sob a ótica da empresa.

Você pode agir passivamente e esperar que os clientes sigam todas as etapas do processo de compra por conta própria. Isso pode ser feito, mas sempre existe o risco de que o cliente esqueça ou acabe comprando em outra loja.

A outra possibilidade é agir ativamente, tentar se comunicar diretamente com o cliente, seja com campanhas publicitárias, remarketing, email marketing, etc.

É uma opção muito melhor, pois irá aumentar as chances de fechar mais vendas.

E é importante considerar essa diferença porque:

► Não podemos saber qual é o melhor momento para o cliente comprar

Muitas decisões de compra são sempre deixadas para depois, por Várias razões:

· O cliente não tem tempo para tomar a decisão naquele momento

· Ou ele precisa de mais informações sobre as alternativas

· Talvez ele ainda não tenha resposta para todos os “mas” (possíveis objeções à compra)

· Em alguns casos, ele acredita que as coisas não está tão mau e que por isso ele poderia comprar o produto mais tarde

· Ou ele até gostaria de comprar o produto agora, porém está com orçamento limitado e por isso prefere aguardar alguns meses.

No entanto, nenhuma dessas razões é definitiva.

A situação do lead pode mudar devido a fatores externos ou pessoais.

Embora seja claro que não podemos saber quando essas mudanças acontecerão.

► Como não é possível saber quando eles podem mudar de opinião, a melhor alternativa é manter contato, é aí que o email pode fazer a diferença no processo de compra.

el emailing puede ayudar a convencer al cliente objetivo

· Além disso, enviar emails pode ajudar a convencer o cliente-alvo

Oferecendo respostas para possíveis dúvidas.

Como mencionamos anteriormente, é muito possível que o cliente tenha dúvidas sobre o produto ou serviço que você está vendendo.

Mesmo assim, também é possível que o cliente não tenha tempo, ou interesse, em conhecer ou buscar por mais informações naquele momento.

Sim, há casos, se se trata de produtos relacionados a hobbies ou interesses, o lead pode estar buscando muitas informações.

Caso contrário, muitas vezes eles deixarão “para amanhã”.

Qual a solução nesses casos?

Faça o trabalho duro para o cliente.

Quer dizer:

·  Analise quais dúvidas o cliente pode ter

·  Quais objeções seu cliente poderia encontrar no produto ou no processo de compra

·  Quais seriam as respostas adequadas a essas dúvidas?

Todas essas informações podem ser oferecidas em seu site em uma página de perguntas frequentes ou em artigos do seu blog, por exemplo.

No entanto, é muito possível que desta forma o cliente não leia tudo.

A alternativa é dividir as informações e oferecer o conteúdo pouco a pouco.

Para isso, a melhor opção é criar campanhas de email marketing, já que você poderá abordar cada tópico ou pergunta de forma mais didática e específica, sem encher a cabeça do cliente de informações desnecessárias.

Isso nos leva à questão

· A frequência de envios realmente importa? É pior enviar mais emails?

Essa é uma pergunta comum e muito recorrente.

Você verá todos os tipos de conselhos na internet, desde quem afirma que você não deveria enviar muitas mensagens para não cansar os assinantes, até estrategistas que irão jurar que a melhor opção é enviar um email ao dia para obter resultados mais positivos.

Mas qual é a resposta correta?

Depende de muitos fatores. Sim, esta resposta parece meio vaga, porém isto depende de duas coisas que são verdades absolutas em qualquer situação:

· Se você deixar passar muito tempo entre cada newsletter, é possível que seus contatos se esqueçam de você.

· Se você enviar com alta frequência, terá que dar um jeito de manter o interesse dos seus assinantes.

Ou seja, se você enviar um email por mês, é mais fácil que alguns assinantes percam o interesse. Não irá necessariamente acontecer, mas digamos que você não está “Pressionando” muito para que eles acabem comprando. Trata-se de uma estratégia bastante arriscada.

Por outro lado, se você deseja enviar uma newsletter diária, é necessário trabalhar duro em uma estratégia de criação de conteúdo para que o contato mantenha interesse suficiente e continue lendo os próximos emails.

No entanto, entre esses dois extremos existem muitos pontos intermediários.

A maneira de saber qual frequência funcionará melhor para você é testando até obter os melhores resultados possíveis.

Por onde começar?

Na minha opinião, eu começaria com uma newsletter semanal, e a partir daí iria aumentando ou diminuindo a frequência com base nos resultados (e no tempo que você tem disponível para criar conteúdo relevante, é claro).

Nunca pare de tentar.

Eu sei que no começo é um pouco assustador porque você pode perder contatos devido a solicitações de cancelamento, mas se você superar esse medo, você poderá melhorar seus resultados.

¿Texto plano o email con imágenes?

· É melhor criar uma newsletter apenas com texto, ou usando imagens?

Esta é outra dúvida muito frequente.

Além de uma das fontes inesgotáveis de debate quando falamos em email marketing.

Muitas pessoas não sabem o que é melhor, se enviar emails apenas com texto ou com uma proporção maior de imagens.

O pior de tudo?

Que você encontrará argumentos a favor e contra.

Então o que fazer?

Bem, acima de tudo, não se complique demais.

Lembre-se de que o email que você enviará será visto apenas uma vez, ou duas, não muito mais do que isto. Assim sendo, sua newsletter não precisa ser uma obra de arte.

Quando tiver claro seu objetivo, pense: O que vou inserir no email irá me ajudar a atingir meu objetivo?

Por exemplo, seria melhor colocar foto dos produtos ou imagens ilustrativas? Ou não colocar nenhuma imagem?

Muitas vezes, adicionar imagens não ajuda a tornar seu email mais convincente e acaba se tornando apenas uma distração.

Outras vezes, elas podem ser úteis.

Portanto, é necessário que você realize testes suficientes até determinar o que funciona melhor para você.

· Conclusão sobre utilização de email marketing

O email marketing é um canal de comunicação eficaz, muito lucrativo e que pode ajudá-lo a obter mais vendas.

Você pode usar esta opção para manter contato regularmente com vários leads ao mesmo tempo, por isso é uma ótima ferramenta para ajudar você a fechar mais vendas.

Além dessa lucratividade, na Mailrelay você tem uma conta gratuita que você poderá usar sem compromisso.

Traduzido por Micheli.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.