12 Dicas para que suas mensagens cheguem na caixa de entrada

Hoje vamos repassar algumas dicas para que sua mala direta seja entregue na caixa de entrada dos seus clientes. Muitas dicas já foram dadas em outros artigos do nosso blog,  porém vale a pena repassá-las em um único artigo.

1) O maior problema que afeta a taxa de entrega de um mailing é o fato de seus assinantes marcarem suas mensagens como spam. Você precisa ter em mente que ainda que os usuários se inscrevessem de forma voluntária para receber suas newsletters, pode ocorrer de um cliente desejar cancelar o recebimento das mensagens. Se este usuário não encontrar uma forma fácil de fazê-lo, muito provavelmente acabará por marcá-lo como spam. A melhor opção é sempre oferecer uma forma fácil de o usuário poder cancelar a assinatura, pois é preferível perder alguns assinantes do que perder em taxa de entrega, o que irá afetar o recebimento das mensagens para seus assinantes ativos.

2) É importante sempre revisar sua base de dados de assinantes para que não contenha SPAM-Traps, que são contas que não são utilizadas por pessoas, por diversos motivos, como por exemplo as contas de terra.es que foram canceladas, é possível que estas contas não desapareçam, elas poderão acabar sendo convertidas em SPAM-traps . Se os provedores como o Gmail, Hotmail, Yahoo, etc. detectarem que você está enviando mensagens para estes endereços, irão marcá-lo como spam. É por isso que é de vital importância que você mantenha sua base de assinantes limpa e atualizada.

3) Assim como o que foi explicado no ponto anterior, sobre a importância de se manter a base de dados limpa de SPAM-traps, vamos explicar como manter sua lista lista limpa de outros tipos de mensagens inválidas. A maioria dos provedores de e-mail, como o Gmail, o Hotmail, Yahoo ETC irão penalizá-lo com uma pontuação elevada de spam se você enviar e-mails em massa a contas de e-mail incorretas, que não existem, que foram desativadas ou que tenham a caixa de entrada cheia. Ou seja, se você tiver um número elevado de e-mails devolvidos, é muito possível que seus e-mails acabem marcados como spam. Por isso, é muito importante manter sua lista de assinantes o mais limpa que for possível. A Mailrelay gerencia estes e-mails inválidos por você, para ajudá-lo a manter seu mailing limpo, o que irá melhorar o resultado das suas campanhas de marketing por e-mail.

4) Reduzir o volume de envios, ou seja, a velocidade de saída dos  e-mails, também pode ajudar em alguns casos. Ainda que a Mailrelay consiga enviar e-mails a velocidades muito elevadas, é possível que alguns provedores como o Hotmail, Gmail, Yahoo e outros creiam que você está enviando spam, se você enviar um volume muito elevado em muito um curto espaço de tempo. Você poderá modificar a configuração de velocidade de saída de acordo com as suas necessidades para verificar se existe alteração nos resultados.

5) Um ponto muito importante é fazer o possível para que seus assinantes adicionem seu e-mail a sua lista de contatos, pois os assinantes que o adicionaram a sua lista de contato sempre irão receber suas newsletters, não existe como receberem a mensagem como spam. Por isso você sempre deve sugerir que seus clientes o adicionem a sua lista de contatos, para que suas mensagens cheguem sempre na caixa de entrada.

6) É muito importante realizar testes antes de enviar sua mala direta. Testar com diferentes contas, diferentes provedores, com o Gmail, Hotmail, Yahoo e um e-mail corporativo, que seja utilizado com o Outlook ou Thunderbird. Desta forma, você poderá certificar-se que a mensagem está chegando corretamente na caixa de entrada e não está caindo como spam, antes de enviar a newsletter para todos os assinantes.

7) Outro quesito importante é a verificação do relatório de spam, o que você deve verificar sempre antes de enviar sua newsletter. Com a Mailrelay isto pode ser feito de uma forma muito fácil, basta clicar no botão “Relatório Spam”. Desta forma, você poderá certificar-se de que a newsletter está correta antes de enviá-la. É muito importante verificar o relatório de spam ainda que você creia que tudo está correto, pois existem casos que uma única palavra que parece inofensiva pode ser a diferença entre uma mensagem chegando na caixa de entrada ou cair como spam. Por exemplo, o termo meio ambiente pode ser interpretado como se você estivesse tentando ocultar o termo “ambien” (utilizado por spammers) no meio de outras palavras.

8) Ainda que é possível enviar newsletters formadas por uma única imagem, não é o mais aconselhável, principalmente se sua lista de contatos não for de uma qualidade muito boa. A maioria dos filtros antispam, se não encontrarem conteúdo em texto simples, irão dar-lhe uma pontuação baixa. Se você estiver enviando uma única imagem, com um link inserido e textos incluídos dentro da própria imagem, sua pontuação será muito pior.

9) Um ponto que você não deve desconsiderar é a importância de configurar de forma correta o DKIM  e  SPF no seu domínio, pois isto fará com que a taxa de entrega das suas mensagens aumente, uma vez que você estará demonstrando aos servidores que seus mailings estão sendo enviados por você mesmo de forma legítima e que não é um caso phising.

10) Por outro lado, é importante trabalhar para aumentar as taxas de visualizações dos e-mails em massa, tendo em mente que é muito importante que suas mensagens não sejam marcadas como spam, para que cheguem na caixa de entrada. Porém a taxa de visualizações é algo que será considerado cada vez mais para avaliar a confiabilidade das mensagens e sua pontuação na hora de considerá-las ou não como spam. A taxa de visualizações, o fato de que seus e-mails estão sendo abertos indica que seus assinantes estão interessados nas mensagens que você envia. A Mailrelay já envia de forma automática todos os seus mailings primeiro para os contatos que usualmente abrem seus e-mails, ajudando assim a melhorar a taxa de entrega das suas campanhas.

11) Você nunca deve esquecer-se de revisar o código da sua newsletter, para certificar-se de que foi criada da forma correta. Não apenas para que seja vista corretamente, como também para que não existam erros internos, como tags abertas, por exemplo. Verificar se o código está correto é outro método utilizado pelos filtros antispam. Copiar e colar diretamente do Word, Outlook ou outros programas também é algo que muitos usuários fazem, porém que não é recomendável, por ocasionar problemas no código da newsletter.

12) Por último, uma opção que poderá ajudá-lo, se você verificar que seus mailings estão sendo marcados como spam é dividir sua mala direta em grupos de contatos menores. Dessa forma, você não estará enviando para toda a sua lista de uma única vez. Assim, se algum usuário marcar sua mensagem como spam, não será um volume tão elevado e você terá menos problemas.

Temos certeza que estas dicas irão ajudá-lo a conseguir melhores resultados com suas campanhas de marketing por e-mail.

—————————————————————

Se você deseja trabalhar com e-mail marketing, ao receber nossas newsletters, você irá encontrar todos os recursos necessários:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.