Por que não se deve usar como remetentes domínios recém registrados

Este é um problema recorrente que costumamos ver. Muitos clientes, por medo de que seus domínios corporativos possam ser afetados pelo envio em massa de e-mails comerciais para seus assinantes, decidem registrar um novo domínio para colocar em suas newsletters como remetente, mas esta estratégia acaba tendo um resultado muito negativo em suas campanhas.

Esta prática não é recomendada, uma vez que gerará grandes problemas. A primeira consideração é que este domínio será penalizado pelos sistemas antispam como o Apache SpamAssassin que utilizam listagens RBL como Support Intelligence para verificar a data de registro do domínio remetente e podem bloquear as suas campanhas ao detectar que o domínio foi criado recentemente.

Ou seja, a spamscore (pontuação de SPAM) irá aumentar bastante, simplesmente pelo fato de você estar usando um domínio recente. Isto também irá acontecer a nível interno nos filtros de ISP como o Outlook.com (Hotmail) Gmail, etc, embora não quantificável,  porque esta  pontuação não é pública.

Além disso, os filtros que se baseiam na reputação do domínio remetente e o histórico de volume enviado através do mesmo também irão penalizar, uma vez que um domínio recém-registrado não tem nenhuma.

Todos estes controles e sanções são causados porque enviar utilizando domínios recém registrados é uma prática comum que muitos spammers utilizam. Basicamente, os spammers vão alterando o domínio regularmente, uma vez que estes domínios serão bloqueados rapidamente, por serem adicionados nas principais listas negras.

O que fazer se eu não tiver um domínio antigo

Portanto, embora suas campanhas sejam completamente legítimas, o uso de um domínio novo irá fazer com que você obtenha resultados muito pobres. Obviamente, se a sua empresa ou projeto tiver sido recém-criado, isto será inevitável.

Se você não tiver pressa, o que pode fazer é começar a enviar seus e-mails corporativos internos e esperar o tempo recomendado para evitar este tipo de prejuízo. Seria preciso aguardar um período mínimo de 15 dias para as listas que discutimos acima, e no caso de filtros internos dos ISP, recomendamos pelo menos três meses de atividade antes de começar a usar o domínio para campanhas de e-mail marketing.

Será importante que os e-mails anteriores corporativos sejam enviados se for possível, utilizando os mesmos IPs que serão utilizados posteriormente para o envio de mensagens em massa.

Com a Mailrelay é possível fazer isto utilizando nosso serviço que disponibiliza um servidor SMTP.

Uma alternativa, se você ainda não escolheu o domínio, é pesquisar  e comprar um domínio que já tenha sido registrado há bastante tempo. Você pode encontrar estes domínios em websites que vendam domínios antigos, escolhendo um que seja adequado às suas necessidades.

Pré-aquecendo o domínio e primeiros envios

Certamente, é sempre altamente recomendável fazer o que chamamos de “aquecimento” de um domínio recém-adquirido para melhorar a sua reputação gradualmente e aumentar a quantidade de e-mails enviados aos poucos.

Além disso, você deverá ter muito cuidado ao enviar as primeiras campanhas, fazendo o máximo para torná-las o mais atraente possível para os assinantes e assim elevar a reputação do domínio. Também é importante observar os aspectos técnicos que serão determinantes nos ISP ao fazerem a diferenciação entre campanhas legítimas e spammers. Isto é, mesmo se você estiver usando um novo domínio, se você obedecer os padrões recomendados, os possíveis prejuízos serão atenuados.

Seguindo essas recomendações, e enviando conteúdo que realmente seja de interesse para os seus assinantes, será possível atenuar o problema. Além disso, com o tempo, seu domínio não será mais novo, e você terá conseguido superar essa fase inicial delicada.

Esperamos que o artigo tenha sido de seu interesse e esclarecedor!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.