O que é conteúdo evergreen e por que usá-lo em sua estratégia?

Não podemos começar este artigo de outra maneira a não ser definindo o significado de conteúdo evergreen. Este tipo de conteúdo pode ser definido como conteúdo atemporal, que não perde a validade.

O conteúdo evergreen permanece relevante ao longo do tempo e pode ser atualizado, se necessário.

Uma agência de marketing de conteúdo se tornará sua melhor aliada se você quiser desenvolver um conteúdo evergreen de qualidade que o servirá indefinidamente.

Por outro lado, se você usa e-mail marketing ou promoção de leads em suas estratégias de comunicação, ter conteúdo evergreen em mãos será fantástico.

Por que o conteúdo evergreen é importante?

Embora seja verdade que dentro do marketing, do comércio eletrônico e das mídias digitais é muito importante estar atualizado e inovar, nem tudo o que aparece como novidade se aplica a todas as marcas ou negócios.

No entanto, desaparecer ou se afastar da mente do consumidor não é uma opção. É aqui que o conteúdo evergreen entra em jogo.

É fundamental que este conteúdo seja de alta qualidade para que você possa utilizá-lo a qualquer momento que precisar e seja relevante, de interesse e ajude a gerar alguma ação do seu público.

Tipos de conteúdo evergreen

1.   Listas

As listas sempre fornecerão uma resposta rápida e podem ser úteis ao longo do tempo, especialmente quando são fatos históricos ou situações que não mudarão com o tempo.

Alguns exemplos podem ser:

  • A lista de presidentes de qualquer país entre 1950 e 2000.
  • Lista de alimentos ricos em fibras.
  • Lista de ferramentas necessárias para consertar um carro.
  • Lista de músicas de uma banda famosa.
  • Lista de instrumentos musicais de sopro.

Todos esses fatos não mudarão completamente, mesmo que novos elementos possam ser adicionados.

2.  Conselhos ou dicas

Você pode preparar dicas para escrever conteúdo, dicas para perder peso, dicas para fazer uma animação com um programa de design.

Este conteúdo será sempre útil e relevante se você o escrever com essa função, além disso, você pode atualizá-lo se necessário, mas a base e a essência serão as mesmas.

3.   Tutoriais

Quer sejam escritos ou em vídeo, os tutoriais estarão sempre presentes em qualquer estratégia de conteúdo evergreen, passem meses ou anos, em algum momento, alguém vai precisar de um passo a passo de como fazer um procedimento.

Os mais comuns são tutoriais de maquiagem, música (como tocar um instrumento ou dançar), arte, videogame ou como usar um programa no computador ou no celular.

No entanto, hoje você pode obter milhares de tutoriais diferentes online, com diferentes níveis de complexidade, em muitos idiomas diferentes e em diferentes formatos.

4.   Guias

Os guias mais comuns na internet costumam ser para estudos, em qualquer nível educacional.

Guias sobre as diferentes disciplinas que você pode cursar e que o ajudarão a avançar em seu processo de aprendizagem, além de se tornar um recurso útil para qualquer pessoa.

Você pode publicar guias sobre um tópico específico, guias gerais ou guias avançados e relevantes para um nicho particular.

Você também pode postá-los em diferentes formatos, como guias dinâmicos, informativos, ou incluir exercícios e exemplos. Tudo isso vai depender do tipo de guia que você quer oferecer e da complexidade do material.

5.  Perguntas frequentes

Como o próprio nome indica, esse tipo de conteúdo aborda as dúvidas mais frequentes sobre um tema, com informações úteis para ajudar os usuários a entender como resolver problemas específicos.

Para criar este tipo de conteúdo, você terá que listar as dúvidas mais comuns dos usuários e responder a estas perguntas com explicações breves e claras. Este tipo de guia pode ser usado como uma base de conhecimento e ajudar a diminuir o número de solicitações de suporte no seu site.

Você pode enviar estas respostas por email, postá-las nas suas redes sociais ou até mesmo criar vídeos explicativos.

6.   Receitas

Receitas culinárias podem ser consideradas conteúdo evergreen, pois a mesma receita poderia ser usada durante anos sem nenhuma alteração.

Você pode compartilhar receitas em diferentes formatos, embora normalmente este tipo de conteúdo seja publicado em texto ou em vídeo.

Com as receitas, quanto mais detalhado for o processo que você explicar, muito melhores serão os resultados que as pessoas que o seguem vão obter e isso vai te ajudar a ganhar visibilidade e viralidade.

Como conselho pessoal, recomendamos o uso de fotos ou vídeos muito atraentes do prato, a fim de motivar os usuários a preparar sua receita e compartilhá-la.

7.   Entrevistas

As entrevistas também se tornam um conteúdo evergreen, mesmo que sejam “velhas”, porque quando foram publicadas, eram relevantes. Além disso, dependendo do tópico, a mesma entrevista pode ser lida muito tempo depois e oferecer informações úteis.

Você pode publicar centenas de tipos de entrevistas, falando com gestores de empresas, funcionários, figuras públicas, usuários, entre outros.

Nesse caso é fundamental torná-las interessantes, não muito extensas, para prender a atenção do público e com informações que agreguem valor.

8.  Definições e conceitos

Você pode pensar que este tipo de conteúdo é muito simples, mas garanto que pode servir para criar conteúdo relevante para seu blog, uma vez que muita gente busca por informações e explicações sobre conceitos, principalmente sobre tópicos mais técnicos.

Ler explicações técnicas sobre conceitos pode se tornar entediante, por isso você deve tentar criar conteúdo divertido ou interessante para manter seus visitantes engajados por mais tempo.

Se você trabalha com produtos ou serviços para pets, por exemplo, falar sobre moda provavelmente não seja a melhor opção.

Conhecer seu público, seus gostos e necessidades é essencial para o sucesso de sua estratégia de conteúdo.

Outra forma de criar conteúdo evergreen é falar sobre eventos relevantes para um grupo de pessoas.

Por exemplo, “os melhores videoclipes dos anos 90” ou “vencedores do Oscar de 2010″, essas informações, embora não sejam atuais, costumam gerar interesse e podem ser relevantes mesmo vários anos mais tarde.

Mais uma vez, queremos enfatizar que para a escolha e concepção do conteúdo, é muito importante que você conheça o seu público-alvo, dessa forma poderá ser assertivo nas suas decisões.

Formatos para sua estratégia de conteúdo

Formatos para sua estratégia de conteúdo

1.   Publicações em seu blog ou nas redes sociais

Tanto em seu blog quanto em suas redes sociais você pode compartilhar conteúdo de texto, imagens, vídeos e GIFs. Esses recursos irão ajudá-lo a enriquecer as informações e torná-las mais atrativas ao  leitor.

2.   Vídeos

O vídeo é atualmente um dos formatos preferidos pelos internautas e funciona muito bem para conteúdo evergreen como tutoriais ou receitas.

De acordo com Neil Patel, os vídeos podem aumentar as compras online em até 144% e, de acordo com a HubSpot, 4 em cada 5 usuários consideram as explicações em formato de vídeo úteis.

3.   eBook

Os eBooks são um recurso que também é conveniente para o leitor, pois contêm todas as informações condensadas em um só lugar e permitem ao redator desenvolver o conteúdo com profundidade.

Este formato é recomendado para textos mais longos, normalmente dividido em capítulos.

Ao mesmo tempo, permite incluir recursos gráficos atrativos que facilitam a leitura.

4.   Infográficos

Os infográficos são muito úteis para explicar graficamente e de forma simples um determinado tema. Além disso, você pode adicioná-los a praticamente todas as plataformas digitais.

A combinação de imagens ou ilustrações com textos descritivos torna-os atrativos para o público, principalmente para visitantes online.

5.  Templates

Os templates estão se tornando cada vez mais populares. Você provavelmente já recebeu links para baixar templates nas redes sociais, com arquivos que podem ser editados facilmente pelos usuários.

Este recurso o ajudará não só a dar mais visibilidade ao seu conteúdo, mas também a obter conteúdos criados diretamente por seus seguidores e gerar maiores interações.

6.   Podcasts

Dependendo do seu nicho, você também pode criar podcasts com conteúdo evergreen. Desde que você aborde tópicos atemporais, seus podcasts poderão ser ouvidos muito tempo depois que foram publicados.

Uma das vantagens dos podcasts e o que os tornou populares nos últimos anos é a facilidade de consumo desse tipo de conteúdo.

Você pode ouvir os podcasts enquanto faz outras tarefas. Se você criar um podcast com dicas para cozinheiros, as pessoas podem ouvir seu podcast enquanto preparam as receitas que você está ensinando como cozinhar.

Este recurso é extremamente eficaz para diferentes tipos de conteúdo evergreen. Lembre-se de levar em consideração as preferências do seu público.

7.   Newlsetters

Por último, mas não menos importante, temos que falar sobre email marketing. Você pode enviar conteúdo sazonal ou notícias e alternar com conteúdo evergreen.

Ao planejar sua estratégia de conteúdo, você pode programar todas as informações que usará como conteúdo evergreen e, com base nisso, desenvolver conteúdo atual para manter o equilíbrio.

Em suas newsletters, você também pode incluir recursos gráficos que ajudam a adicionar mais informações sem abusar do texto.

Agora você tem em suas mãos as ferramentas de que precisa para aproveitar ao máximo o conteúdo evergreen e torná-lo parte do sucesso de sua estratégia de marketing.

Convidamos você a compartilhar essas informações com sua equipe e com todos que você conhece que podem tirar o melhor proveito deste recurso.

Traduzido por Micheli.

Emanuel Olivier

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.