Email Marketing e Boca a Boca são incompatíveis?

Você acha que são estratégias muito diferentes? Será que o email marketing e o marketing boca a boca são compatíveis?

Existe alguma maneira de tornar as duas estratégias compatíveis?

Bem, o que acontece é que eu terminei de ler o livro “Buzz marketing. O Poder da Palavra” de Andy Sernovitz e esta obra me ajudou a pensar em aspectos que podem ajudar os leitores das nossas newsletters a falar sobre nosso conteúdo.

Em outras palavras, como podemos garantir que as pessoas falem sobre nossas campanhas de email marketing?

Como poderíamos fazer isto? Bem, na minha opinião, teríamos que:

1) Criar conteúdo extremamente relevante

2) Adotar um estilo pessoal, não excessivamente comercial

3) Incluir algo extra

4) Pedir aos assinantes diretamente que encaminhem o email

5) Planejar ou patrocinar eventos, webinar, cursos, etc.

6) Fazer algo divertido

7) Dar algo especial a seus assinantes mais fiéis.

Por que estes aspectos são relevantes para o email marketing?

Vamos analisar cada ponto detalhadamente:

1) conteúdo relevante (produto ou serviço)

Esta é a base obrigatória de tudo. Se seu conteúdo, produto ou serviço não é bom, ninguém vai falar sobre ele (pelo menos não positivamente).

Esta não é uma tarefa fácil, pois gerar conteúdo é uma atividade que requer muito tempo e esforço.

Será mais provável que seus assinantes compartilhem e falem sobre seu conteúdo, seu produto ou serviço se eles o considerarem relevante ou útil.

Tenho certeza de que você já falou sobre algo que achou extremamente importante amigos ou colegas, ou compartilhou um link nas redes sociais por julgar que a informação seria útil para outras pessoas que você conhece.

Esse é nosso objetivo!

2) Estilo pessoal, não excessivamente comercial (você não pode tentar vender em todas as newsletters!

Já dissemos isso muitas vezes, mas é verdade, não podemos enviar uma newsletter apenas para vender.

É evidente que nosso objetivo final é vender.

Mas certamente não queremos aborrecer nossos assinantes.

Sempre que possível, use um estilo pessoal e seja simpático, para ganhar a confiança de seus assinantes.

Seus produtos ou serviços resolvem uma necessidade para seus assinantes, mas antes de comprar, eles têm que confiar em você.

Este processo deveria ser lento, aumentando a confiança em cada email enviado. Se você tentar vender em todos os emails, seus assinantes irão perder a paciência e se cansar de você.

Mas se você for paciente, a história será totalmente diferente.

3) Inclua conteúdo extra compartilhável em seu email marketing.

Tais como um cupom de desconto, um ebook, um guia, um vídeo, etc.

Qualquer coisa que seus assinantes possam usar e compartilhar com seus amigos.

Por exemplo, um código de desconto; embora muitos cupons de descontos sejam promovidos como pessoais e intransferíveis, a verdade é que na maioria dos casos podem ser usados várias vezes e por diferentes usuários.

Não se trata de um erro, mas sim de algo deliberado, porque se encontramos algo bom e valioso, geralmente o compartilhamos, e se nos dizem para não compartilhá-lo, é ainda mais provável que decidamos compartilhá-lo com nossos amigos!

A mesma coisa irá ocorrer se você compartilhar um ebook com seus assinantes, se eu receber um ebook e acreditar que ele poderia ser útil para alguém que eu conheço, vou encaminhá-lo imediatamente ou pelo menos falar com a pessoa e dize-lhe para visitar o website e baixá-lo.

Não é preciso ser algo muito caro, basta usar sua imaginação.

4) Pedir que seus assinantes encaminhem a newsletter

Como diz Andy Sernovitz em seu livro, às vezes você tem que pedir as coisas diretamente.

E a verdade é que não nos custa nada fazer isso.

Se você gostaria que seus assinantes compartilhem sua newsletter, por que não pedir que o ajudem?

Se você quiser que eles deixem um comentário, peça-lhes que o façam.

Se você quiser que eles lhe respondam, convide-os a interagir com você.

E isto é verdade, já que nas newsletters que enviamos para a Mailrelay incluímos este texto:

“Se você gostou do artigo, acesse nosso site e compartilhe-o nas redes sociais!

Ajude-nos a continuar alcançando mais e mais pessoas! Encaminhe este email para um amigo!

Muito mais pessoas me respondem, me enviam seus comentários, opiniões e reviews.

Isso é ótimo! Porque é muito interessante compartilhar opiniões com assinantes, e talvez antes, por causa do simples fato de não pedir a opinião, eles não falavam conosco.

Vale a pena prestar atenção a estes pequenos detalhes.

Ah, e não se esqueça de adicionar botões para compartilhar seus emails.

5) Evento, webinar, curso, etc.

Esta é a melhor forma de gerar interação e engajamento.

A preparação de um evento, um webinar, um curso online, entre outras estratégias é uma maneira fantástica de incentivar seus assinantes a falar sobre sua marca.

Estas são ações mais ambiciosas, que vão exigir um esforço maior e, portanto, os resultados também serão mais positivos.

Não esqueça o ponto anterior, e sempre solicite que seus assinantes ajudem a divulgar seu evento, com várias opções de compartilhamento em diferentes redes sociais.

Convenhamos, conteúdos divertidos geram mais conversa e são compartilhadas com muito mais freqüência.

Não estou dizendo que você deve começar a enviar fotos de gatinhos adoráveis em seus emails.

Mas procure por algo diferente.

Por exemplo, há um tempo atrás vimos alguns emails super longos, mas com muita informação.

Isso é algo diferente, e mais provável de ser compartilhado do que os habituais emails chatos.

7) Dê algo especial a seus assinantes mais fiéis

Outro aspecto que já abordamos antes.

Quando você estiver enviando email marketing há algum tempo, você terá alguns assinantes que sempre abrem suas newsletters, respondem aos email, compartilham as mensagens, reenviam as newsletters para seus amigos, em geral, estes assinantes fiéis são muito ativos.

Assim sendo, eles merecem um tratamento especial!

Não lhe custa nada e eles apreciarão o tratamento diferenciado, aumentando ainda mais seu amor pela sua marca.

Tenha em mente

Estas não são ações imediatas que lhe darão um resultado imediato, com certeza levará tempo.

Na minha opinião, demora muito tempo, mas o esforço vale a pena.

Além disso, este tipo de estratégia funcionará melhor se você tiver muitos assinantes (no caso do email marketing), ou seguidores (no caso das mídias sociais) ou clientes (para marketing tradicional).

Quanto mais contatos você tiver, maior é a probabilidade de você encontrar “fãs” entre seus seguidores, já que estes usuários fiéis estarão mais dispostos a compartilhar e falar sobre sua marca.

Isso leva tempo e esforço, mas lembre-se:

O email marketing compensa!

Você tem outras ideias?

Traduzido por Micheli.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.