Dicas para obter leads e expandir sua lista de emails

Certamente você já ouviu falar muito sobre as vantagens do email marketing como um meio para aumentar suas vendas e sua reputação online, mas não se esqueça que criar uma estratégia digital de sucesso não é fácil.

No começo, todos nós temos muitas dúvidas conceituais sobre os termos de marketing mais técnicos, como “lead magnet”, “taxa de conversão”, inbound marketing, ETC.

Além disso, e só para começar a falar sobre estratégia, você precisará criar uma lista de emails corretamente. Mas como criar uma base de dados opt-in?

Criar uma base de dados de assinantes interessados em seus produtos não é algo fácil, pois você precisará criar mecanismos para atrair e armazenar estes leads.

Pense que cada usuário está em um estágio específico do funil de conversão, e saber como avaliar a situação e agir de acordo é o que irá fazer a diferença.

Você pode pensar que o artigo de hoje é muito básico, mas a maioria dos usuários da Mailrelay tem este problema e não sabem como resolvê-lo. Se você deseja criar uma estratégia de email marketing de sucesso, você certamente gostaria de aprender como captar leads legalmente e aumentar sua lista de emails.

Portanto, hoje vamos ver como criar uma lista de emails, como entender as etapas do funil de conversão e como uma dica extra, vou dar-lhe 7 truques para você obter leads e melhorar a qualidade da sua base de dados.

O que é um lead em inbound marketing e qual a importância de criar uma base de dados?

Existem muitas definições para o termo “lead”. Sem copiar uma definição de um dicionário, podemos dizer que um lead é um contato potencialmente interessado em algo que podemos oferecer.

“Um lead é um usuário registrado em um banco de dados, criado para filtrar contatos com base em seu interesse em um produto ou serviço.”

Em email marketing, precisamos obter o endereço de email de pessoas possivelmente interessadas em nossos produtos ou serviços. Sempre que possível, é fundamental coletar mais informações sobre estas pessoas, para ver se são nosso perfil ideal de cliente.

No entanto, conseguir leads de qualidade não significa apenas armazenar o endereço de email e o nome dos usuários que visitaram seu site. Você precisa se assegurar que eles estão realmente interessados no seu negócio. Ou seja, usuários que poderiam adquirir seu produto ou serviço, ou que já trabalham com soluções similares.

Portanto, pode-se deduzir que esses “leads” são visitantes que se inscreveram em um banco de dados que posteriormente seria usado para enviar campanhas eficazes de email marketing.

Você sabia que para obter leads é preciso criar uma estratégia com várias etapas? Você sabe em que estágio podemos começar a usar campanhas de email marketing para estes leads?

Vamos ver estas etapas nos próximos parágrafos para que você possa entender a importância de obter leads de qualidade, você está pronto?

E-mail marketing e funil de vendas

A primeira coisa a esclarecer é que nem todos os leads podem ser considerados iguais para fins de marketing, uma vez que eles podem ser de diferentes tipos e, portanto, é preciso saber identificá-los para tratá-los em consonância em todo o conhecido processo de inbound marketing funnel.

► Processo de inbound marketing

Antes de começar a enviar email marketing, você precisará traçar o perfil do seu buyer persona. Isto é feito através de muita pesquisa e análise do mercado e sua concorrência.

Em seguida, será preciso criar estratégias de SEO, marketing de conteúdo e um website preparado para receber bem seus visitantes.

Depois de mostrar para estes visitantes o que você tem para oferecer lhes, você poderá convidá-los para se inscrever em sua newsletter.

Só após receber o novo contato em sua lista de emails você terá um lead de qualidade.

proceso de inbound marketing

Como você pode ver, depois de aplicar uma série de estratégias para atrair visitantes e obter leads através de SEO e marketing de conteúdo em diferentes canais, o processo de inbound marketing é completado com a automação e análise de ações que graças ao email marketing (entre outras coisas), podem ajudá-lo a converter leads em clientes.

Em outras palavras, podemos resumir estas etapas como:

-Visitante. É uma pessoa que acessa um website em busca de informações sobre algo.

-Lead. Quando o visitante demonstra interesse no seu website e se registra para receber informações adicionais ou entrar em contato com você para fazer perguntas ou tirar dúvidas.

-Cliente. Depois de receber informações durante um tempo, o lead pode decidir dar o próximo passo e comprar seus produtos ou contratar seus serviços. Neste caso, ele passaria por todas as fases do funil de vendas e se tornaria seu cliente.

Este caminho que o usuário percorre é chamado de “funil” porque o número de pessoas que irá atravessar todas as etapas definidas pelo departamento de marketing é muito menor do que o número de pessoas que acessarão seu site.

No início do processo, temos um número elevado de visitantes, mas este número vai diminuindo até “sobrarem” apenas os usuários que realmente se tornarão clientes.

Apenas um pequeno número de pessoas que visitarem seu site irão se tornar seus clientes, o que leva à necessidade de classificar os leads de acordo com seu tipo e comportamento dentro do funil de vendas ou funil de conversão.

► Tipos de leads

É preciso entender e classificar os usuários de acordo com suas necessidades atuais. Ou seja, você precisará determinar em qual fase o lead se encontra para poder enviar-lhe as mensagens corretas, trabalhando, por exemplo, com email marketing.

Nesse sentido, os leads podem ser classificados em 3 tipos principais:

  1. Lead básico: São os usuários que ainda estão buscando por uma solução para seus problemas. Eles acessaram seu website vindos de um buscador ou atraídos por uma ação de marketing. Eles podem se tornar clientes no futuro, mas ainda tem um longo caminho a percorrer no seu funil de vendas. Estes usuários não estão seguros sobre que tipo de produtos ou serviços devem comprar, por isso talvez o que você está oferecendo não é para eles.
  2. Marketing qualified lead (MQL): Nesta fase, o usuário já conhece suas necessidades e está comparando diferentes marcas, produtos ou serviços. Ele já está mais seguro sobre o que irá comprar e por isso estará mais receptivo a todas as informações enviadas pelas empresas do setor.
  3. Sales qualified lead (SQL): É o lead de um usuário que já conhece todas as informações de determinadas marcas e descartou as opções que não lhe interessam. Para as marcas selecionadas, é hora de agir e incentivar a conversão a curto prazo.

Sendo assim, que tipo de leads você considera de melhor qualidade? Em realidade, todos eles são, já que qualquer um deles pode acabar sendo clientes, embora com maior ou menor esforço de marketing. A questão aqui, é saber identificar quando um usuário está realmente interessado na marca e pode acabar sendo um bom cliente.

conseguir leads

7 dicas para obter leads de qualidade e iniciar suas campanhas de e-mail marketing

Agora que você sabe que tipo de leads você pode encontrar, é hora de dar o próximo passo e se perguntar: Onde posso obter esses contatos para criar uma campanha de sucesso?

Embora possa ser sempre mais fácil atrair assinantes quando você já é uma marca reconhecida com alguma experiência em email marketing, os truques que eu vou explicar hoje não são apenas úteis para os primeiros estágios dos leads, uma vez que nunca é tarde para expandir sua base de dados (e às vezes até de limpá-la).

1) Mantenha banners fixos para atrair leads no seu site

Preocupar-se em ter um bom design de banner é essencial em qualquer estratégia de inbound marketing que esteja no estágio inicial de atração de leads. Os banners têm duas funções muito práticas:

  1. Você pode oferecer-lhes um outro canal de comunicação. Você não poderá obter leads de qualidade se seus visitantes nem sabem que eles podem se inscrever na sua newsletter.
  2. Além disso, os usuários serão redirecionados para o formulário onde eles poderão assinar a sua newsletter. Desta forma, os visitantes que estiverem interessados no seu conteúdo irão encontrar mais facilmente as informações para se inscrever.

Embora seja um dos primeiros passos, funciona bem a longo prazo. O ideal é deixar este banner no site de forma fixa. Afinal, os usuários que visitam o seu site já estão interessados em seu negócio, então é provável que eles também queiram se inscrever para receber mais informações.

2) Lançar campanhas pagas em redes com um objetivo claro

Se você já está trabalhando em sua estratégia de comunicação nas redes sociais, não perca esta oportunidade. Por exemplo, uma das opções mais interessantes a sua disposição é combinar anúncios no Facebook com sua estratégia de email marketing.

Independentemente do canal de publicidade escolhido, notifique seus usuários sobre a existência da sua newsletter, explicando onde e como eles poderão se inscrever e não se esqueça de dizer-lhes que tipo de conteúdo eles receberão (se você irá enviar conteúdo exclusivo ou promoções, e quais são os benefícios deste novo serviço).

Se você já tem uma comunidade de seguidores regulares nas redes sociais, certamente muitas destas pessoas querem saber mais sobre o seu negócio e estariam interessados em se inscrever na sua newsletter.

3) Solicitando dados em troca de um presente

Promover-se nas redes sociais e no seu site através de banners coloridos é uma estratégia que você pode aplicar de muitas maneiras diferentes. Uma das opções mais comuns, mas que funciona muito bem, especialmente no começo, é oferecer algo em troca para convencer o visitante a assinar a sua newsletter.

Para convencer os visitantes que estão relutante a se inscrever, você poderia dar-lhes um incentivo. Por exemplo, para baixar um e-book relacionado ao seu negócio, um desconto personalizado ou qualquer outro presente, eles teriam que fornecer seus dados e aceitar expressamente que seus dados serão adicionados em uma base de dados e que você irá enviar-lhes mensagens relevantes sobre sua marca.

Claro, você sempre deve ter cuidado com esse tipo de ação. Idealmente, o presente que você está oferecendo deve estar intimamente relacionado ao seu negócio.

Dessa forma, você saberá que aqueles que estão interessados em obter esse incentivo também estarão interessados em seus produtos ou serviços, o que significa que você está obtendo leads de qualidade.

Se você oferecer algo que não tem nada a ver com sua marca, pode ser que você consiga atrair usuários, mas a maioria deles não estarão interessados em mais nada que você está enviando para eles.

4) Oferecer produtos “Premium”

Outra opção, semelhante à anterior, é oferecer uma promessa que será cumprida mais tarde. Nesse sentido, não se trata de dar algo em troca da assinatura, mas sim de promover alguma coisa que o usuário poderá obter no futuro apenas se ele se inscrever agora.

Se você está disposto a dar tratamento especial aos usuários que se inscreverem para receber seus e-mails, você deve usar isto como uma ferramenta para promover seu formulário de assinatura. Você irá oferecer descontos exclusivos? Você irá dar-lhes acesso a produtos que eles não poderão conseguir de outra maneira? Seus visitantes deveriam saber sobre isto.

5) Lançar uma promoção do tipo “convide um amigo”

Esses tipos de ações funcionam muito bem para promover serviços, melhor do que para negócios focados em produtos.

Se um usuário convidar um amigo para se inscrever no serviço, ele poderá ganhar algo (um desconto personalizado, um produto exclusivo.). O problema é que, mais uma vez, você precisa ter cuidado com o tipo de usuários que você está recebendo, uma vez que o primeiro usuário poderia estar interessado, mas o segundo não.

Portanto, o ideal neste caso é fazer um questionário para os novos visitantes, ou adicionar qualquer outro filtro que ajude você a identificar os leads que realmente são de qualidade para o seu negócio.

6) Realizar pesquisas com clientes

Se a sua comunidade de usuários for ativa e participar do dia-a-dia do seu negócio, eles podem ajudar você. Ouça suas ideias e tenha-as em conta. São eles quem usam os produtos ou serviços que você está vendendo e eles podem ter ideais para melhorias.

Uma boa ideia seria enviar pesquisas ou formulários para medir seu nível de satisfação. Para fazer isso, convide-os para participar do estudo e diga-lhes que serão incluídos no serviço de newsletters se eles participarem.

Se eles estiverem dispostos a preencher pesquisas sobre sua empresa ou sobre seu relacionamento com a marca, você sabe que estes são leads de qualidade.

7) Criar concursos temáticos

Esta é uma estratégia que mais e mais marcas estão usando. Você pode criar concursos com objetivos diferentes. Você pode tentar conseguir novos seguidores nas redes sociais, criar uma promoção para divulgar a sua marca ou para atrair novos clientes.

Claro, a ideia aqui é incentivar a assinatura, realizando ações subsequentes de e-mail marketing com grande alcance e repercussão.

Conclusão

Neste artigo, vimos, em termos gerais, a importância de focar cada uma das ações de marketing em função da fase do funil de conversão em que um usuário está para atrair novos leads ou solicitar informações de contato.

Tanto para começar no email marketing, quanto para otimizar as campanhas mais tarde e obter melhores resultados, é necessário capturar novos leads de qualidade, identificar aqueles que não são seu buyer persona e limpar a sua base de dados periodicamente.

De qualquer forma, meu objetivo aqui é compartilhar com você sete dicas e as melhores práticas para obter leads que mais tarde serão uma parte fundamental da sua estratégia de email marketing. Minha favorita? Trabalhar com a comunidade já existente nas redes sociais, com usuários que sempre estão consumindo o seu conteúdo.

E você? Que outras estratégias você conhece para aumentar uma lista de e-mails e atrair leads de qualidade?

Teresa Alba

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.