O que são anúncios dinâmicos de produtos e como usá-los?

Idealmente, a publicidade deve atrair a atenção de potenciais consumidores e convencê-los a usar seu produto para difundir a mensagem da sua marca entre pessoas possivelmente interessadas. A otimização de anúncios é um componente essencial de todas as atividades de marketing, por isso entender como usar esta estratégia será vital para o sucesso do seu […]

Idealmente, a publicidade deve atrair a atenção de potenciais consumidores e convencê-los a usar seu produto para difundir a mensagem da sua marca entre pessoas possivelmente interessadas. A otimização de anúncios é um componente essencial de todas as atividades de marketing, por isso entender como usar esta estratégia será vital para o sucesso do seu negócio.

É uma habilidade crucial, e dominá-la pode levar muito tempo e você precisaria errar bastante para aprender. No entanto, imagine a possibilidade de otimizar seus anúncios com base nas intenções dos seus usuários e enviá-los automaticamente para eles? É isso que o mais novo tipo de publicidade, os anúncios dinâmicos de produtos, podem ajudá-lo a alcançar.

Neste post, vamos falar sobre anúncios dinâmicos de produtos e como usá-los em sua estratégia de marketing digital.

O que são anúncios dinâmicos de produtos?

Os anúncios dinâmicos de produtos são campanhas publicitárias que mudam automaticamente com base nas atividades dos usuários em seu site, aplicativo, página comercial etc.

Em outras palavras, quando alguém visita seu site, o pixel do Facebook é acionado. Isso significa que a plataforma começa a coletar dados. Ao exibir anúncios dinâmicos de produtos, você pode segmentar esses indivíduos com base nas informações coletadas sobre eles para exibir produtos relevantes dependendo das atividades específicas que você selecionar, como produtos específicos vistos ou adicionados ao carrinho pelos usuários.

Os anúncios dinâmicos de produtos permitem que você comercialize itens relevantes para seus clientes ou qualquer pessoa que tenha navegado em seus produtos em seu site ou aplicativo para dispositivos móveis. Tanto o Google quanto o Meta (Facebook, Instagram, etc.) oferecem anúncios dinâmicos de produtos. Você certamente já viu o suficiente desses anúncios em seu feed do Facebook, mas aqui está um exemplo do Alibaba para refrescar sua memória.

Existem três tipos principais de anúncios dinâmicos de produtos:

DPA para o mesmo produto: suponha que um consumidor em potencial acesse seu site e veja um de seus produtos. Você pode segmentar a mesma pessoa com DPA com base nos itens que ela viu.

DPA de venda cruzada: exibe itens semelhantes aos que um consumidor comprou anteriormente.

Upsell DPA: segmenta consumidores que adicionaram produtos ao carrinho, geralmente por ofertas de pacote.

Em vez de gerar um anúncio para cada produto separadamente, você pode criar um modelo de anúncio que usa automaticamente os detalhes de suas fontes de dados para os produtos que deseja anunciar.

Por que você deve usar anúncios dinâmicos de produtos?

Os anúncios dinâmicos de produtos permitem que você crie blocos de anúncios para anúncios usando conteúdo e imagens dos seus catálogos de produtos, em vez de manualmente para todos os outros blocos de anúncios. Por exemplo, se você opera uma loja de departamento com milhares de itens, você provavelmente precisaria gerenciar mil campanhas diferentes para cada um para anunciá-los. Os anúncios  DPA são simples de configurar e promovem todos os seus itens automaticamente  para que você quase possa esquecê-los.

É uma ótima abordagem para aumentar o valor do ciclo de vida dos seus clientes, mostrando a eles anúncios de artigos que eles provavelmente também estarão interessados em comprar. Você só precisará configurá-lo uma vez e seu anúncio será exibido automaticamente para todos os usuários que correspondem aos critérios que você definiu.

Os anúncios dinâmicos de produtos também podem ajudar você a aumentar o valor médio do pedido e do ciclo de  vida dos seus clientes. Especificamente, campanhas de cross-sell e upsell. Se você os redirecionar com uma mensagem de marketing hiperdirecionada com base em seus interesses, é mais provável que se lembrem desse produto e o comprem.

Os anúncios dinâmicos de produtos ajudam você a fornecer aos consumidores que já compraram de sua empresa itens que podem aumentar o valor do ciclo de vida dos consumidores. Em suma, você pode convencê-los a comprar em sua loja mais de uma vez.

Suponha que alguém estava prestes a comprar um produto da sua empresa por US$ 30. Você poderia exibir anúncios dinâmicos segmentados de produtos para uma oferta em pacote no valor de cerca de US$ 60, dobrando assim o valor do pedido.

6 dicas para ajudar você a criar anúncios dinâmicos de produtos que funcionam

Se você já criou uma campanha de anúncios do Facebook com base em conversões de tráfego ou algo semelhante, reconhecerá o processo ao tentar criar esses anúncios dinâmicos de produtos. Então, para não  escrever um artigo muito longo, não iremos entrar em detalhes sobre o processo. Em vez disso, você entenderá melhor como tornar esses anúncios mais eficazes.

Veremos algumas dicas para aumentar a eficácia de seus anúncios dinâmicos de produtos.

1. Crie conjuntos de produtos

A opção “conjuntos de produtos” permite segmentar um público específico com base em seus interesses. É útil quando você não deseja promover todos os itens para todos os públicos; em vez disso, você pode filtrar itens com base em categoria, tipo de produto, moeda, disponibilidade do produto, entre outras coisas.

Os conjuntos de produtos mantêm seus consumidores atualizados, deixando um impacto no público. Eles tornam sua mensagem mais fácil de lembrar e incentivam os consumidores a agir. Suponha que você queira mostrar produtos que custam menos de US$ 500, ou se por exemplo você tem uma coleção de produtos para férias ou algo semelhante, como uma coleção comemorativa. Nessas situações, você deve usar conjuntos de produtos. Eles são tão poderosos, especialmente em estratégias de upsell e  venda cruzada.

Os conjuntos de produtos também permitem controlar quais produtos serão beneficiados com a promoção. Conjuntos de produtos baseados em metas com base em descontos especiais e novidades, por exemplo, podem ser usados para alcançar os consumidores que adicionaram produtos aos seus carrinhos (estratégia de upselling).

2. Não sobreponha seus anúncios

Quando você começar a dimensionar suas campanhas ou duplicar conjuntos de anúncios para segmentar novos leads, seu público acabará se sobrepondo e seus conjuntos de anúncios pararão de gastar ou explodirão em custo. Por exemplo, quando duas pessoas compartilham os mesmos dados, você usa o mesmo interesse na mesma otimização do orçamento da campanha. OS anúncios chegariam a um ponto em que eles se sobrepõem e suas campanhas parariam  de funcionar.

Portanto, você precisa remover alguns desses interesses ou públicos-alvo. Se você tiver vários públicos em sua conta de anúncios, deverá determinar se algum público se sobrepõe entre dois grupos separados.

Você pode usar a ferramenta de sobreposição de público do Facebook para comparar vários públicos ao mesmo tempo e ver a proporção de usuários que se sobrepõem. Você pode ver como isto funciona nesta imagem.

Também pode ser frustrante para a mesma pessoa receber vários anúncios. O problema mais significativo é que ambos os anúncios podem começar a fazer lances um contra o outro.

Um exemplo é se você executar um anúncio que segmente os visitantes do seu site e outro que segmente seus assinantes de e-mail. Os visitantes do seu site começariam a ver os anúncios dos assinantes de e-mail e os assinantes de e-mail começariam a ver os anúncios dos visitantes do site, o que é algo que você não deseja.

Portanto, certifique-se de que haja sobreposições mínimas entre seus grupos-alvo. Acompanhe-os sempre para maximizar seus resultados e economizar dinheiro.

3. Otimize para compradores que estão usando aplicativos

Como o número de pessoas que usam aplicativos para fazer compras está aumentando, você deve segmentar o público-alvo de compras por aplicativos para garantir que está segmentando as pessoas com maior probabilidade de conversão. Você pode segmentá-los com base no comportamento no aplicativo do Facebook ou Instagram, principalmente públicos que clicaram no botão comprar agora.

Em anúncios dinâmicos de produtos, você pode usar a opção “compradores engajados” como comportamento ou critério para segmentar públicos-alvo que compraram em aplicativos.

É mais vantajoso quando você vende produtos físicos, como joias, roupas ou acessórios. Mas, se você está vendendo algo que talvez seja mais específico para seu público-alvo, como um produto B2B, não seria interessante incluir compradores engajados.

4. Adapte a campanha ao seu orçamento

É crucial especificar o resultado desejado de seus anúncios: gerar cliques, impressões ou conversão. Não é uma boa ideia colocar todos os seus gastos com anúncios em uma meta.

Você precisará descobrir quantos tipos diferentes de anúncios você poderá pagar.

Por exemplo, divida sua estratégia de orçamento em duas categorias principais: Gaste parte de sua publicidade em um esforço anual de branding para desenvolver credibilidade e reconhecimento de nome em seu mercado-alvo. O resto do dinheiro poderia ser gasto em publicidade extra para impulsionar vendas sazonais.

Tenha em mente que o dinheiro que você gasta em publicidade é um investimento de longo prazo no crescimento da sua empresa. A chave para o sucesso é a consistência e a continuidade. Então, você deve investir e esperar o tempo necessário para criar uma estratégia para usar o seu orçamento com parcimônia. Na maioria dos casos, novos negócios começam com um orçamento anual de publicidade. O orçamento deve ser suficiente para cobrir 52 semanas consistentes de publicidade.

5. Não ignore a criatividade

A ferramenta de criativos afeta os recursos visuais que aparecem em seus anúncios. Ela permite que você agrupe vários anúncios com diferentes elementos criativos, como paleta de cores, fonte de texto e gráficos para grupos-alvo distintos.

Escolha a forma adequada que se adapta ao seu negócio com base em como sua marca se sente, qual você mais gosta e qual você acredita que funciona melhor com sua imagem. Existem várias alternativas acessíveis para todos os tipos de negócios.

Você também pode colocar metadados de catálogo em suas fotos. Desconto percentual de preço e frete grátis são algumas das  opções disponíveis.

Você tem a opção de selecionar o tipo de letra que você usará. Escolha com base em sua marca ou a que você acredita que ficará melhor. Fashion and Friends, por exemplo, usam elementos criativos como porcentagem de desconto, paleta de cores e tipo de texto para personalizar seus modelos de fotos e se adequar à sensação da marca nesta publicidade dinâmica de produtos do Instagram.

Tudo isso ajudará você a atingir as metas de seus anúncios, tornando-os esteticamente atraentes. O cérebro humano responde imediatamente a materiais bonitos ou visualmente atraentes.

Anúncios esteticamente agradáveis também envolvem seu público, estabelecem um relacionamento entre sua marca e seu público-alvo e transmitem uma mensagem clara.

6. Use o público personalizado

Um público personalizado refere-se a um grupo de pessoas que já interagiram com sua empresa. Você pode criar esses públicos usando dados atuais e fontes diferentes. Um público personalizado pode ser criado usando sua lista de clientes de e-mail existente de pessoas que compraram de você anteriormente, pessoas que visitaram seu site ou interagiram com sua página do Instagram ou Facebook ou uma variedade  de outros pontos de contato.

Eles devem ser baseados em seu buyer persona ou em uma representação fictícia de seus clientes ideais.

Públicos personalizados podem ser uma das melhores opções para sua estratégia, pois os consumidores que já interagiram com sua empresa são consideravelmente mais propensos a converter e comprar seus produtos  ou serviços do que um público frio que nunca demonstrou maior comprometimento e interesse em sua marca. Portanto, eles são de maior qualidade e têm um nível mais alto de engajamento, o que se traduz em anúncios com resultados mais positivos.

Portanto, você deve estabelecer públicos-alvo personalizados para cada funil de vendas e incluí-los em seus conjuntos de anúncios de retargeting.

7. Teste o copy

Você deve realizar testes para determinar se os produtos estão com baixo desempenho devido à falta de interesse ou promoção. É vital obter dados para apoiar suas decisões, receber ideias para melhorias  adicionais.

Você também terá que aprender a avaliar e segmentar diferentes públicos.

Portanto, tente segmentar um único público com vários criativos para ver qual funciona melhor. Você pode usar o teste dinâmico para verificar vários elementos criativos, como fotos e títulos. Será possível  gerar combinações otimizadas para seu público-alvo. As variações podem incluir diferentes formatos ou modelos baseados em um ou mais elementos.

Por exemplo, você pode criar cinco títulos diferentes, cada um com diversos gráficos, localização etc. No entanto, certifique-se de que sejam totalmente diversos para otimizar a eficiência dos testes.

8. Use retargeting

Retargeting é o processo de exibir seus anúncios para alguém que já interagiu com sua empresa de alguma forma para mantê-los interessados e convencê-los a avançar no seu funil de vendas.

Os anúncios de retargeting têm uma taxa média de cliques dez vezes maior do que os anúncios normais. Para criar anúncios de retargeting, você pode usar dados de informações de atividade do site, página de informações de atividade do aplicativo, dados de atividade de conteúdo, etc.

Com base em suas metas e em como você as segmenta, existem três tipos principais de retargeting.

Retargeting dinâmico: são campanhas de retargeting com base nas atividades do cliente, como visualizar ou adicionar ao carrinho, mas não comprou neste momento.

Cider, por exemplo, usa anúncios dinâmicos de produtos para exibir esse anúncio de retargeting. Eles mencionam a atividade do cliente e criaram uma chamada à ação. Os itens são apresentados dependendo das atividades dos visitantes.

Retargeting de engajamento: esses anúncios aproveitam a atividade para mostrar publicidade para aqueles que visitaram seu site, loja ou página. Os objetivos finais são chamar a atenção deles, participar de um grupo ou de uma comunidade online, curtir sua página etc.

Source Audiences Retargeting: Este tipo de anúncio pode ser usado para segmentar pessoas que nunca ouviram falar de sua empresa, mas estão interessadas nas mesmas coisas que seus clientes atuais. A ideia é construir novos públicos semelhantes, com o objetivo de divulgar sua marca para estes usuários.

Os anúncios de redirecionamento podem ajudar você a reduzir o abandono de carrinho, diminuir seu custo por clique, aumentar sua taxa de conversão e aumentar o reconhecimento da marca.

Conclusão

Os anúncios dinâmicos de produtos, quando usados corretamente, podem ajudar você a transformar a intenção em uma venda, aumentar as conversões, melhorar o engajamento e dar à sua atividade promocional uma vantagem competitiva ao aproveitar os dados obtidos pelas plataformas que seus clientes estão usando.

Eles são excelentes para prospecção e aumento de vendas. Em vez de segmentar novos clientes, os anúncios  DPA segmentam usuários de mídia social que demonstraram interesse no que você oferece em diferentes sites.

Anúncios dinâmicos são mais eficazes do que anúncios regulares, especialmente em uma sociedade saturada de anúncios. Então, comece a usá-los se você ainda não os usou. Quando você começar a usá-los, certifique-se de continuar otimizando suas campanhas publicitárias para obter os melhores resultados.

Traduzido por Micheli.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.