Saudações Natalinas. Como criar uma newsletter de Natal?

Você deseja criar uma newsletter de Natal e não sabe como começar? É a primeira vez que você usa o email marketing como estratégia em seus negócios on-line e precisa de conselhos?

No artigo de hoje, vamos ajudar você a planejar sua campanha Natalina, com instruções para todos os tipos de projetos.

Natal, tempo de ouro para marqueteiros

Talvez esta seja a época do ano em que as pessoas estão mais dispostas a gastar. Seja comprando presentes para amigos ou familiares, ou para tirar vantagens de descontos, os consumidores já estão preparados para gastar mais em dezembro.

De fato, muita gente economiza dinheiro para gastar no Natal. Isto significa que durante este tempo, as pessoas estão esperando receber emails de vendas, elas estão ansiosas para conseguir uma boa oferta.

Estes dias são caóticos para empresas de todos os tamanhos, pois embora o consumo aumente freneticamente, você precisa oferecer promoções irresistíveis para atrair a atenção de potenciais compradores. Em outras palavras, quanto mais pessoas estão falando ao mesmo tempo, mais alto você precisará falar para ser ouvido pela multidão.

Muitos profissionais de marketing reconhecem que a cada ano é mais difícil se destacar e alcançar os resultados esperados.

De fato, muitas empresas dependem dessas datas para poder continuar operando. Um erro nas estratégias aplicadas pode significar o fechamento definitivo de uma corporação ou projeto.

Acabei de lhe dizer que a priori parece um exagero, mas isto poderia ser contestado.

É difícil julgar estratégias sem conhecer detalhes de planejamento.

Se você está começando seu primeiro negócio, recomendo que você seja prudente e tente fazer as coisas corretamente.

Mas agora há um problema substancial

Isto está acontecendo cada vez mais: a sociedade evoluiu, as pessoas tem mais informações sobre os setores e, em suma, conseguem identificar comportamentos suspeitos e não podem ser facilmente enganados.

Um exemplo real seria a típica estratégia usada por vendedores.

Quando um vendedor fala com você e começa a aplicar as típicas estratégias de venda, qual é a sua reação?

  1. Não estou interessado, obrigado
  2. Eu já tenho seguro de saúde, já comprei um carro novo este ano, já estou pagando uma hipoteca e não posso gastar mais (mentiras ditas para demonstrar educadamente que não queremos ser importunados)
  3. Eu também trabalho com vendas, então tenha cuidado
  4. Etc.

No entanto, antes estes vendedores recebiam comissões vultuosas.

E, embora ainda existam vendedores desse tipo que ganham bastante dinheiro, a taxa de conversão em termos gerais caiu exponencialmente.

Mas porque? Porque essa estratégia se tornou completamente obsoleta.

Isso já faz parte da idade da pedra. Agora, os consumidores esperam muito mais das marcas.

Portanto, nesse sentido, a inovação é uma das melhores maneiras para gerar conversões.

E entre essas inovações, está o email marketing. Para muitos, é uma estratégia bem conhecida, mas para a maioria dos mortais posso garantir que não é.

Levando em consideração esse aspecto, você pode sair na frente dos seus concorrentes se começar a trabalhar com email marketing agora mesmo.

O email marketing pode ser uma das estratégias mais eficazes para o ano inteiro, mas principalmente para o Natal. Portanto, enviar uma newsletter Natalina pode ser uma ótima opção.

Mas como você pode inovar e não enviar apenas campanhas clichê?

Na verdade, é uma pergunta muito boa, porque há mais e mais empresas trabalhando com email marketing para enviar campanhas sazonais.

Você poderia enviar felicitações Natalinas em suas campanhas de email marketing para gerar mais conversões.

Essa decisão que a priori pode parecer boba e que não gera nenhum impacto para os usuários é o oposto, ou seja, pode ser o gatilho que faz a diferença.

Se você não entendeu, continue lendo, porque estamos apenas na base do post. Agora vou me aprofundar um pouco mais no assunto.

mailing

Felicitações Natalinas: Uma estratégia poderosa para a sua newsletter de Natal

Vou explicar uma situação que certamente aconteceu com você mais de uma vez.

Você está em plena campanha de Natal. As luzes iluminam a escuridão das ruas, as lojas estão em colapso e você vê que as pessoas estão correndo desesperadamente para encontrar os melhores preços e comprar presentes para seus entes queridos.

As ruas estão repletas de banners promocionais, explicando que nessas lojas você encontra os melhores preços ou, em outros casos, seus produtos têm um desconto de X%.

Por outro lado, você está inscrito na newsletter de algumas marcas porque está interessado nos produtos ou serviços deles.

E sim, você está recebendo vários emails dessas marcas, e a única coisa que eles dizem é o quão bons são seus produtos ou serviços e explicam os preços estipulados. Além disso, para piorar a situação, eles têm seus próprios slogans de Natal criados por copywriters para convencer assinantes a comprar:

  1. Pensamos em você, pensamos em sua família
  2. Obtenha isto com apenas um clique, lembre-se da felicidade de seus filhos
  3. Porque investir em ilusões vale a pena
  4. Etc.

É claro que essas frases podem impactar você ou não, mas é claro que, se essas marcas fazem isso, elas conseguiram tocar suas emoções.

No entanto, embora seja verdade que algumas dessas frases impactam você porque é exatamente o que você está sentindo, no fundo você sente um vazio interior.

Muitos marqueteiros trabalham com palavras aparentemente poderosas e impactantes, mas que no fundo não têm valor real.

Basicamente, porque a única coisa que essas marcas fazem é dizer quão bons são seus produtos ou serviços e que, até certo ponto, se você não dá um presente para seus entes queridos, está agindo mal.

Mas é claro, a pergunta é: e você? Ou seja, eles só pensam em vender, mas será que estão levando seus sentimentos em consideração? A resposta é não.

A explicação é muito simples: porque eles não estão falando diretamente com você, estão falando consigo mesmos. Eles só querem que você os ouça e compre.

Como, isso é sério? Certamente você não tinha pensado nisso antes, mas a realidade é essa.

Se eles realmente pensam em você, eles não estariam tentando convencer você a comprar a qualquer custo. Quando você realmente ama uma marca, você irá comprar os produtos deles, mesmo sem nenhum desconto.

Então, nessa situação, por que eles não estão pensando em você? Porque eles não têm empatia por você.

Se eles quisessem seu melhor, posso garantir que, na maioria dos casos, eles não precisariam recorrer aos slogans típicos para convencer pessoas a comprar deles, os clientes iriam comprar porque gostam ou precisam dos produtos ou serviços.

E, neste caso, não importa se é Natal, dia dos namorados ou Páscoa: se eles simpatizam com você, sempre haverá uma taxa de conversão mais alta. 

Depois de dar-lhe alguns exemplos, vamos falar sobre você agora.

Agora você sabe o que muitas marcas fazem e o que deve evitar se quiser se destacar delas:

  1. Não use slogans sem valor
  2. Converse com seus assinantes
  3. Demonstre empatia com eles

Se você estava pensando em criar campanhas com listas de produtos para tentar vender mais no Natal, você já viu que este não é o caminho.

Proponho o seguinte: Envie felicitações Natalinas aos seus assinantes com a newsletter de Natal que você deseja criar.

Com toda a probabilidade, você obterá ótimos resultados porque seus assinantes irão confiar em você.

Mas é claro, não sejamos drásticos: não estou dizendo para você enviar o típico “Feliz Natal de X”, para que você realize seus sonhos – se sua intenção é vender.

OK, mas então, o que eu deveria fazer?

Há muitos aspectos a serem considerados e explicarei em breve.

mailing navideño

Como enviar a saudação de Natal perfeita para as suas newsletters de Natal?

Para enviar a saudação de Natal perfeita, você deve considerar os seguintes fatores:

  1. A plataforma de e-mail marketing que você irá usar
  2. O template que você usará em suas newsletters de Natal
  3. As palavras que você usará para desejar boas festas e vender seus produtos ou serviços

Você tem a solução perfeita para os dois primeiros pontos: a Mailrelay é uma plataforma de email marketing que oferece um bom suporte para campanhas e templates gratuitos de Natal.

O resto é com você. Mas não se preocupe, eu vou ajudá-lo.

Você deveria trabalhar com um template Natalino para criar harmonia entre o espírito da estação e seus produtos ou serviços.

Mas como enviar a saudação de Natal perfeita? Leia atentamente o até o final deste post.

►  Conheça seu buyer persona

Antes de enviar newsletters de Natal, você precisa conhecer o seu cliente ideal. E, portanto, você deve responder a estas perguntas:

  1. O que ele está sentindo?
  2. Como ele pensa?
  3. Do que ele precisa?

Se você não responder a estas perguntas, isto pode ser fatal. Para conhecer seu comprador ideal, você deve conhecer seu produto ou serviço e o tipo de cliente que estará interessado em comprá-lo. Para descobrir isto, você deveria preparar um estudo de mercado, para identificar e entender o que seu cliente ideal está procurando.

É a parte mais difícil, mas você tem que fazer isto, você não tem outra escolha.

► Personalize seus e-mails

Personalize os e-mails que você enviará aos seus assinantes, pois você precisará se destacar dos seus concorrentes ou seu trabalho será perdido.

Se você chamar seus assinantes pelo nome, você já estará criando laços mais estreitos com seu buyer persona, criando empatia desde o primeiro segundo.

Olá. Não é o mesmo que: Olá Raquel, como você está?

Se você não sabe personalizar seus emails, a Mailrelay email marketing pode ajudar você.

► Reflita as emoções deles com suas palavras

Agora você precisará ser criativo. É hora de refletir as emoções de seus assinantes através de suas palavras. E, como você pode imaginar, esse ponto é importante.

Se você conseguir detectar os problemas, ilusões, aspirações, vitórias ou derrotas e souber transmiti-los através de técnicas de escrita persuasivas, o usuário prestará mais atenção na sua mensagem.

Se você entender isso, terá entrado totalmente em sua mente, alterado seus neurônios e seduzido cada vez mais, para que continue lendo até o próximo ponto, onde falará sobre seus produtos ou serviços.

► Relacione seus produtos ou serviços com as emoções deles

Esse ponto é um dos mais delicados de todos, porque congratular seu assinante, refletir suas emoções e relacioná-las com seus produtos ou serviços, pode ser muito difícil, especialmente se você não tiver experiência anterior em técnicas de copywriting.

Diante dessa situação, recomendo que você pense em uma história que faça sentido para seus assinantes. Dessa forma, você pode dar o último passo antes de gerar conversões.

► Adicione uma chamada à ação visível, atraente e convide seu assinante a clicar.

Se o leitor chegou aqui, é porque você fez as coisas bem. Não há mais mistério, não há outro caminho.

No entanto, se você não criar corretamente sua chamada à ação, sua taxa de conversão será catastroficamente afetada.

Sua chamada à ação deve estar relacionada a todo o enredo em apenas uma palavra ou duas, no máximo. Se você conseguir, sua taxa de conversão aumentará exponencialmente.

No entanto, esta não é uma tarefa fácil, principalmente se você apenas está começando.

Nesse caso, você tem duas opções:

  1.  Aprender
  2.  Contratar um copywriter

A partir deste ponto, a decisão está em suas mãos.

Como você pode ver, enviar uma newsletter Natalina não é algo simples, você precisará planejar uma estratégia para definir suas ações.

Espero que minhas dicas para criar uma campanha de email marketing de Natal tenham sido úteis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.