Como criar uma newsletter grátis

Certamente você recebeu milhares de e-mails de diferentes empresas em sua caixa de entrada: sua marca de bebida favorita, que lançou um sorteio no mês passado, ou a marca de roupas mais conhecida do mundo (que você adora).

O que eles enviaram a você, na maioria dos casos, é um tipo especial de email conhecido como newsletter, mas: Você realmente sabe o que é uma newsletter?

O que é uma newsletter?

É uma mensagem digital informativa, com conteúdo sobre um tópico específico ou notícias relevantes para um público segmentado.

Podemos usá-los para manter contato constante com nossos clientes, parceiros e prospects, para divulgar produtos, serviços, mas também para promover os valores, filosofia e missão da nossa empresa.

Você gostaria de aprender a criar uma newsletter corretamente? Siga lendo, pois neste artigo, vamos explicar, passo a passo, qual é a chave para editar este tipo de “folheto” digital.

Email marketing, uma estratégia de sucesso

Nos anos 90, o uso de computadores nas empresas cresceu vertiginosamente, e uma das necessidades básicas do ser humano, a comunicação, foi coberta por e-mails que já em 1995 ultrapassavam o correio comum.

No entanto, como ocorre com qualquer nova tecnologia, o email também foi usado por indivíduos com intenções menos nobres, para não usar palavras mais fortes.

Estamos falando sobre spammers, hackers, ou outras estratégias de venda menos recomendadas.

Felizmente, filtros antispam, antivírus e regulamentos internacionais foram criados para diminuir o impacto destas estratégias e proteger a caixa de entrada dos usuários, “enviando” emails suspeitos para outra pasta ou bloqueando domínios não autenticados diretamente.

Nos anos 2000, após o surgimento das redes sociais, muita gente previa o fim do email, mas as duas ferramentas conseguiram integrar e criar sinergias entre elas (ou não é necessário inserir um email para  se registrar na maioria das plataformas?).

E o que está acontecendo atualmente? Existem alguns dados que garantem que o email marketing chegou para ficar:

  1. Muitos profissionais passam até quatro horas por dia lendo e respondendo emails
  2. 53% das pessoas estão interessadas em emails de marcas diferentes (sim,desde que não sejam intrusivos)
  3. 81% das pessoas irão abrir os emails se o assunto for atraente
  4. A lealdade criada pelo email é três vezes maior que a gerada pelas redes sociais
  5. 70% da população consulta a caixa de entrada de um dispositivo móvel
  6. O e-mail, juntamente com o e-commerce e a retargeting, formam as três melhores ferramentas para construir lealdade do cliente.

O que não deve faltar em uma newsletter?

Uma newsletter, como explicamos, é uma mensagem informativa. Em outras palavras, podemos usá-la para informar nossos contatos sobre o que estamos fazendo.

Por isso, você deve usar este espaço para destacar ações importantes da sua empresa, com textos curtos, mas relevantes para seu público-alvo. Antes de criar uma newsletter, você deveria pensar sobre o conteúdo da mensagem; para fazê-lo corretamente, você deveria focar em:

  1. Design: o logotipo, as cores corporativas, a tipografia, a disposição dos elementos. Ou seja, todos os aspectos visuais da sua campanha. Você deve criar um email que reflita a identidade visual da sua marca. Por outro lado, o design da sua campanha não pode afetar o objetivo principal da sua mensagem: Compartilhar informações e convencer seus assinantes a agir. Em resumo: Você deveria transmitir uma ideia surpreendente, mas útil e simples para todos os usuários.
  2. Linguagem: embora o design deva ser adaptado à imagem corporativa da marca, a linguagem da mensagem deveria ser uma mistura entre a voz oficial da marca e as expressões normalmente usadas pelo público-alvo da campanha. Variáveis como gênero, idade, profissão, são muito úteis para escrever conteúdo relevante para cada perfil de assinante.
  3. Campanha: Devemos personalizar a mensagem o máximo que pudermos. Nesse sentido, recomenda-se incluir um assunto marcante que exige ação; personalizar o destinatário para cada email; e programar a mensagem para o dia e horário mais adequados (se decidirmos semanalmente, por exemplo, toda terça-feira às oito da tarde).
  4. Também devemos ter cuidado para que nossos e-mails não caiam em spam, e isso pode ser feito através de dois princípios: 80% das mensagens devem ser educacionais (e, portanto, os 20% restantes podem ser enviados para vender). Além disso, não vale a pena enviar uma newsletter durante a madrugada, (esses e-mails quase nunca são lidos).
  5. Você deve oferecer dois botões ou opções em sua newsletter: Um link de cancelamento, e um botão de contato, com links para seus perfis nas redes sociais, telefone de contato, e-mail de suporte ou outras informações relevantes.
  6. Se for a primeira vez que estamos enviando uma newsletter, podemos fazer um teste A/B: Poderíamos criar dois designs similares, alterando as cores, texto em negrito, itálico ou frases diferentes. Depois de um ou dois dias, podemos checar as estatísticas de ambas as mensagens e decidir a melhor combinação, que será a que iremos enviar para o restante dos contatos.
  7. Storytelling, copywriting e uma série de palavras-chave podem proporcionar continuidade e facilidade ao conteúdo quando se trata de relacionar a marca ao email, gerando um engajamento que garante que o leitor se lembrará de nós quando receber a próxima campanha.

Sabendo tudo isso, agora podemos começar a criar nossa newsletter. Apenas mais algumas coisas: acompanhe todas as campanhas que você enviou (existem ferramentas que permitem ver quais assinantes receberam o email, quais abriram a newsletter, quais clicaram nos links e muito mais) e leve em consideração o feedback dos usuários.

Conceitos básicos de HTML para sua newsletter

Se você não é especialista em códigos HTML e CSS, você deveria escolher um dos modelos disponíveis na Mailrelay para criar sua newsletter, pois você só precisará personalizar o email com seu conteúdo e imagens.

Mesmo assim, é sempre melhor conhecer alguns detalhes básicos sobre código HTML para que, no caso de precisar modificar o modelo raiz, saibamos com o que estamos lidando. Nesta seção, mostraremos quais são as tags básicas que você irá encontrar em uma newsletter:

  1. Head. Também conhecido como cabeçalho, essa tag incluirá indicações sobre o tipo de conteúdo e idioma, título e estilos CSS usados no modelo. Podemos alterar o título da campanha nesta tag.
  2. Body. Abaixo, encontraremos o corpo da newsletter. Antes de tudo, precisamos ver como estruturaremos o conteúdo e, em muitas ocasiões, podemos optar por usar tabelas, definindo a altura e largura de cada uma, a cor do plano de fundo etc. Eles são encontrados entre as tags <table> </table>. Dentro das  tabelas, podemos encontrar as linhas (tr) e as colunas (td) para formatar o conteúdo.
  3. Footer. Aqui podemos incluir informações de contato, bem como um link de cancelamento.

Outras etiquetas que você deveria conhecer:

  1. Imagens. As tags <img> conterão as imagens incluídas na newsletter. Também sempre deveríamos adicionar um texto alternativo (alt), para que todos possam ver informações sobre a imagem apenas lendo o texto. Por exemplo: <img src=”LOCAL DA IMAGEM” alt =”Logotipo da empresa (NOME DA EMPRESA)”>. Também é importante deixar o valor “border” em 0, para retirar a borda azul da imagem. Também recomendamos trabalhar com arquivos .GIF ou .JPEG.
  2. Links. Cada botão, texto com hiperlink e até as imagens que irão redirecionar os assinantes para o website devem estar entre a tag de link <a href>. Também deveríamos adicionar o comando target = “blank” para que o link seja exibido em outra aba do navegador.
  3. Formatos básicos de texto. Estas são algumas recomendações básicas para formatação de texto. Se queremos que uma frase ou palavra seja exibida em negrito, podemos usar a tag <b>; para itálico, usamos a tag <i>; para alterar a cor, podemos usar a tag <Font color>; e para alterar o tamanho <Font size>. Se queremos combiná-las, precisamos apenas adicionar todas elas.

Por exemplo: “Este é um parágrafo da <b><font color=” red”> newsletter </font></b> enviado por <i><font size=”+1″> Mailrelay</font></i> para todos os seus assinantes.”

Dica para usuários que não são experts em design: Canva

Outro aspecto a ser levado em consideração ao criar uma newsletter não poderia ser outro que não a estética, uma seção em que as imagens que serão carregadas têm uma grande influência.

É muito importante observar que não é recomendável fazer upload de imagens muito pesadas, pois alguns clientes de email podem considerar sua mensagem como spam.

Da mesma forma, é recomendável incluir textos descritivos, tanto no título quanto nos outros campos de atributos, para oferecer alternativas caso as imagens não possam ser exibidas corretamente.

Mas como faço para criar imagens atraentes se não tenho conhecimentos específicos de design? Nos últimos anos, programas on-line, como o Canva ou o Piktochart, proliferaram e conseguiram quebrar a barreira tradicional que separava profissionais de amadores.

Estes programas são fáceis de usar, pois disponibilizam modelos pré configurados para os usuários.

► Aprenda a usar o Canva passo a passo

A primeira coisa que você deve fazer é criar uma conta: para fazer isso, você deve se registrar no Canva.com usando seu perfil do Facebook ou do Google ou simplesmente seu e-mail.

Crear cuenta en Canva

Em seguida, acesse a página principal, onde você pode ver designs recentes, bem como diferentes modelos pré-configurados.

pantalla inicial canva

Como você pode ver, podemos escolher entre criar uma imagem com dimensões personalizadas ou usar um dos modelos pré-configurados.

No nosso caso, usaremos um modelo para criar um cabeçalho de email.

plantillas predefinidas canva

No próximo passo, realmente começaremos a criar a imagem: na coluna da esquerda, encontraremos diferentes modelos para escolher (grátis ou pagos).

Depois de escolhê-lo, basta arrastá-lo para a tela em branco para começar a editá-lo.

ejemplo canva

O programa nos permite modificar textos, cores e até adicionar novos recursos, como veremos abaixo:

ejemplo canva

Finalmente, assim que tivermos nosso design pronto, podemos exportá-lo como uma imagem ou como um pdf:

ejemplo canva

Um email fantástico.

Alimentação, financeiro, moda, treinamento: Seja qual for o setor da sua empresa, você sempre deveria enviar uma newsletter a todos os assinantes que querem recebê-la.

Deseja ver o que algumas marcas do mercado estão fazendo?

►  Treinamento

ejemplo de newsletter de formación

Este email é bastante visual, mas o jogo de cores está totalmente alinhado com o logotipo da marca: além disso, o contraste amarelo-preto destaca a mensagem, a chamada à ação (neste caso, consulte as datas) é claro e conciso.

ejemplo de newsletter 2

Este outro exemplo mantém um grande impacto visual e, embora brinque menos com a harmonia entre o logotipo e o design, parece um anúncio mais informativo e clássico.

► Moda

Ejemplo newsletter de moda

Este exemplo combina quase todos os aspectos que uma boa newsletter deveria incluir: Várias chamadas à ação, diferentes informações interessantes sobre a marca e um design harmonioso. O único problema é o tamanho da mensagem; pode ser difícil lê-la em um dispositivo móvel.

ejemplo newsletter de moda 2

Este email, semelhante ao anterior, combina perfeitamente a ideia de uma revista de moda (tipografia, espaçamento, pedido) e um email moderno (visualmente impactante, design responsive e conteúdo interessante).

O problema: Eles não incluíram uma chamada à ação.

ejemplo newsletter de moda 3

Outra marca que conseguiu aproveitar muito bem a newsletter é a empresa de óculos de sol Hawkers. Em sua 2º newsletter, “Valentine’s Special, eles estão oferecendo uma imagem interativa, onde podemos acessar o desconto, um cronômetro para saber o tempo de duração da oferta e alguns modelos disponíveis. Informação, design e uma mensagem impactante fazem com que esta marca fique na mente dos consumidores por muito um longo tempo.

► Restauração e turismo

ejemplo newsletter restauracion

Este exemplo, embora muito simples, reúne alguns dos itens obrigatórios de toda newsletter: design e elementos visuais consistentes com o logotipo, um menu com informações interessantes e uma imagem que atrai a atenção dos leitores. Além disso, eles adicionaram informações de contato e links para perfis nas redes sociais.

ejemplo de newsletter restauración

Este email foi criado com foco em aspectos gráficos. Não fornece muita informação, mas incentiva os leitores a visitar a landing page.

► Empresas de lazer

ejemplo de newsletter de ocio

Empresas de lazer normalmente usam essa ferramenta para oferecer descontos, promoções ou novos serviços. Nesse caso, eles oferecem informações diferentes, além de usar imagens simples, mas explicativas, com links para seus perfis nas redes sociais.

ejemplo newsletter de ocio

Como criar uma newsletter com a Mailrelay em 10 etapas fáceis

Agora que você aprendeu muito sobre como criar uma newsletter, certamente deseja começar a editar suas campanhas. Para ajudá-lo, vamos dar-lhe recomendações fáceis de seguir para que você possa começar.

1) Para se registrar na Mailrelay, você só precisa de um nome e um endereço de e-mail.

2) Você receberá um e-mail para confirmar e ativar sua conta

3) Você irá receber as informações de login criadas pelo programa de email marketing.

4) Nesta tela, você deve digitar seu nome de usuário e senha.

enviar newsletter mailrelay

5) Oprograma de email marketing irá dar-lhe várias ferramentas para criar campanhas e gerenciar relatórios estatísticos.

enviar newsletter con Mailrelay

6) Clicando em Newsletters -> Newsletters, você poderá adicionar uma nova campanha.

enviar newsletter con Mailrelay

7) Ao clicar em “adicionar”, você irá acessar o editor de campanhas. Antes de começar a editar seu email, você deverá incluir uma linha de assunto e selecionar um grupo ou segmento.

8) Você pode criar uma campanha do zero ou usar um dos templates disponíveis no sistema.

9) Você poderia trabalhar com anexos, mas isto não é recomendado pois po deria afetar a taxa de entrega dos seus emails.

enviar newsletter Mailrelay

10) Clique para enviar a newsletter. Depois de editar e salvar sua campanha, você poderá enviá-la para seus assinantes. Antes disso, recomendamos enviar uma newsletter de teste para se assegurar de que tudo está funcionando corretamente.

enviar newsletter Mailrelay

Em resumo

Neste artigo, vimos muitas informações: Você aprendeu como criar uma newsletter, bem como dicas para ajudá-lo a criar campanhas mais profissionais.

Noções essenciais de html e exemplos de campanhas, dicas para usar o Canva e o nosso programa de email marketing.

Com estas informações, você já está preparado para criar uma newsletter.

Mas se tiver alguma dúvida, por favor deixe um comentário!

Traduzido por Micheli.

The Social Media Family

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.